Sócio UniversoTorcedor

Superioridade

Sampaio vence o clássico e segue invicto no Estadual

Superioridade
Sampaio venceu o Moto por 3x1 no Castelão (Foto: Ronald Felipe)

Vitória Tricolor no clássico diante do Moto Club, neste domingo, no Estádio Castelão. O Sampaio Corrêa se impôs em campo e aplicou 3×1 sobre o rival, contabilizando 4 pontos no segundo turno do Estadual.

O resultado começou a ser construído ainda no primeiro tempo. Renatinho e Poveda fizeram 2×0. Na etapa final, o adversário chegou a diminuir aos 8 minutos, mas a Bolívia conseguiu se estruturar em campo e definiu a partida com Poveda.

O JOGO

Após um início de jogo muito concentrado no meio-campo, o Sampaio começou a se impor em campo. Renatinho cobrou escanteio e Poveda desviou perigosamente de cabeça para fora.

Aos nove minutos, em trama pela direita, Pimentinha serviu Renatinho dentro da área, o meia boliviano cortou a marcação e bateu de esquerda no canto para abrir o placar.

Sem se acomodar com a vantagem, a Bolívia seguia com instintos ofensivos. Renatinho desceu em velocidade pela esquerda e cruzou para cabeçada de Pimentinha, mas a bola saiu pela linha de fundo.

O maior volume de jogo do Sampaio em campo surtiu efeito. Pimentinha desmontou a defesa adversária e a bola sobrou para Poveda ampliar no Castelão, aos 25 minutos.    

Acuado, o Moto não conseguia furar as linhas da Bolívia, que levava perigo quando chegava ao ataque. Pimentinha lançou Eron dentro da área, mas o goleiro adversário se antecipou e defendeu.

No último lance da etapa inicial, o time rubro-negro cobrou falta da entrada da área, e Luiz Daniel espalmou para escanteio.

A equipe Tricolor quase amplia logo no início do segundo tempo, em descida velozcom Eron  pelo meio de campo, mas a finalização foi para fora.

Em jogada pelo lado direito, o Moto diminuiu com uma cabeçada no alto, aos 8 minutos.

Bolívia puxou contra-ataque com Poveda, que chutou forte, a bola desviou na defesa e saiu em escanteio.

Na reta final do jogo, o Sampaio pressionou e conseguiu marcar o terceiro gol. Poveda recebeu dentro da área, se livrou do goleiro e mandou pro fundo da rede.

A equipe motense ainda tentou um último suspiro com finalização que saiu por cima do travessão, mas a vitória boliviana já estava garantida.

O próximo compromisso do Sampaio Corrêa pelo Estadual será na quarta-feira contra o Tuntum, no Estádio Rafael Seabra, às 15h30.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Mateusinho, Nilson Jr, Pedro e Pará (João Victor); Lucas Araújo, Ferreira e Renatinho; Eron (Eloir), Pimentinha (Maurício) e Poveda (Luiz Paulo). 

20 respostas

  1. O importante é ganhar sempre do moto, o time tá se recuperando, o Brigatti que vinha mal ultimamente mas o problema já foi corrigido. Todos nós sabemos que pra série B serão contratados vários jogadores, então não tô preocupado com isso por enquanto, quero ser campeão e depois que o time for montado poderemos optar se vai brigar por acesso ou não.

  2. Seja a camisa nova ou a tradicional tricolor, o calção e meião deve ser sempre o branco. Fica mais leve e mais charmosa a nossa equipagem.
    Questão de opinião!

    E DALE BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA.

  3. Mas uma vez ficou provado que o Sampaio com pimentinha é um, e quando pimentinha não joga é outro totalmente diferente.Precisamos contratar um atacante do mesmo nível do pimenta, pra quando ele não poder jogar.

  4. GANHAR DO MOTO NÃO ESCONDE A PREOCUPAÇÃO COM A SERIE B QUE ESTÁ CHEGANDO; ESTOU OUVINDO NA RADIO QUE O TRANSIT0 EM SÃO LUIS ESTÁ CAOTICO. MUITOS PEDAÇOS DE MOTOS NAS PRINCIPAIS AVENIDAS, A COMPANHIA DE LIMPEZA URBANA COM BASTANTE DIFICULDADE PARA RECOLHER ESSE LIXO QUE O SAMPAIO CAUSOU QUANDO PRÁ VARIAR, METEU 3 X 1.

  5. O nosso presidente Sergio é um torcedor fanático, apaixonado, roxo, louco e, mais alguns outros adjetivos que retrata um torcedor nervoso na arquibancada.
    Ele realmente é do tipo dos anos 50 a 80 quando a obsessão era ganhar o clássico maior, o resto, pouco importava.
    E tens razão, pois, não há nada melhor para um torcedor, que dormir e amanhecer com o sabor da vitória, ainda mais quando essa vitória acontece sobre o seu maior rival.
    Não tenho a estatística, mas, sem sombra de dúvidas, na gestão Frota, no duelo do superclássico, o Sampaio tem muito mais vitórias.

    ESSA É A BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA.
    TAMOS JUNTOS!

  6. Vencer sempre é bom. Graças a uma noite inspirada do Pimentinha que desequilibrou, o Sampaio conseguiu vencer o Clássico. Um Clássico muito distante em qualidade técnica, dos que estamos acostumado a ver. Volto a repetir, esse absolutamente ainda não é o time para estrear na Série B, dia 9 de abril. Na minha opinião está muito longe disso. Salvo nesse time Pimentinha e Mais 4 e os goleiros. Sampaio precisa urgente 8 reforços. Vencer o time do Moto, tecnicamente muito fraco, não serve de parâmetro para nada. Não estou preocupado com o campeonato maranhense, e sim com a Série B. Esse negócio de Copa do Brasil e Copa do Nordeste para o Sampaio é um tiro no escuro, porque quase nunca passa para a terceira fase. Meu foco é a Série B.

  7. O que deixa a desejar e a falta de apoio dos torcedores e muitos sabem vir aqui criticar, jogadores, comissão técnica e Presidente Sérgio Frota, que na minho ótica faz milagres para manter toda está estrutura do Sampaio Corrêa.

    1. Eu tive e estou tendo ainda, o privilégio de acompanhar esse time do Sampaio, boa parte de minha existência. Vou completar 71 anos de idade. E já fui praticamente em todos os clássicos maranhenses que envolvia Sampaio e seus adversários. De uma coisa eu tenho certeza, o Castelão lotava, muito diferente dos dias de hoje, onde o público é bastante reduzido. Ontem por exemplo, Não chegou nem a sombra dos clássicos entre Sampaio e Moto. Público não sei quanto foi, acho que não foi divulgado, estava assistindo pela TV FMF e não ouvi eles mencionarem, mas, pelos clarões nas arquibancadas, não deve ter passado 4 mil torcedores. Time ainda muito dependente das habilidades do Pimentinha, que fez um primeiro excelente. O que me assusta é que a estreia está bem próxima e não temos 11 titulares!

      1. Muito simples sabidao patrocine os ingressos aos torcedores que não possuem a sua condição aí com certeza vc relembraram os seus 71 anos com os estádios cheios.AFF,começou a mãe dinah a opinar,

      2. Castelão lotado em Sampaio x moto, só no tempo do Nota Na Mão, lotava o Nhozinho Santos quando os dois times estavam bem e tínhamos muitos jogadores Maranhenses porque a rivalidade era bem maior.

  8. É impressionante como em poucos treinos mesmo com o auxiliar e a presença do treinador no vestiário do Condé, valeu mais do que 3 meses de trabalho do Brigati. O time impôs seu jogo. Parabéns!

  9. Pra mim não foi, não é e nunca será novidade ganhar do Morto. O que Sampaio tinha que fazer nesse jogo, era aproveitar e aplicar uma sonora goleada, só que, pra isso acontecer, os nossos atacantes teriam que serem mais coletivos do que individuais, perdemos no mínimo dois gols certos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.