Se inscreva em nosso canal: www.youtube.com/TVSampaio

pronto para decidir

Tricolor está preparado para batalhar pela vaga na decisão do 2º turno

Equipe boliviana está pronta para o confronto (Foto: Ronald Felipe)

Véspera de clássico decisivo e tarde de sábado de muito trabalho para o Sampaio Corrêa no CT José Carlos Macieira. De olho na final do segundo turno do Campeonato Maranhense, a equipe Tricolor acertou os últimos detalhes com um treinamento de atividades variadas.

O técnico Evaristo Piza priorizou, mais uma vez, os treinos de finalização, visando um melhor aproveitamento da equipe em campo. O treinador, também, trabalhou a organização tática, ajustando o posicionamento dos jogadores e em seguida liberou o grupo para disputar um recreativo.

Pimentinha espera uma partida sólida da Bolívia para garantir o passaporte na decisão do segundo turno: “Mais um clássico pela frente, que vai exigir muita atenção da nossa equipe durante todo o jogo. Temos que entrar em campo focados e jogar com equilíbrio para buscar a classificação”, frisou o atacante boliviano.

Presente ao treinamento, o presidente Sergio Frota acompanhou toda a movimentação e depois se reuniu com o grupo para destacar a importância da vitória. Na sequência, os jogadores relacionados para o confronto entraram diretamente em regime de concentração.

Os ingressos para o clássico seguem à venda nos postos de vendas credenciados e em diversos pontos alternativos espalhados por vários bairros da cidade. Iniciativa do presidente Sergio Frota, visando facilitar o acesso do torcedor aos jogos da Bolívia Querida.

Se inscreva no Youtube do Sampaio Corrêa

7 respostas

  1. Teremos um jogo vai tentar se fechar, aja visita que vão jogar com três volantes. O time precisa aprimorar as finalizações. Com pimentinha e Roney em campo não ter placar em branco. Vamos pra cima.

  2. Presidente Sérgio Frota, é isso mesmo, o senhor precisava conversar com o elenco e mostrar a importância da vitória nesse jogo decisivo, e tem que ser no tempo normal de preferência no primeiro tempo, pra não se tornar um jogo nervoso e angustiante; evitar disputa de pênalti, nem pensar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *