Sócio UniversoTorcedor

No limite

Lorenzi cita reduzir erros para buscar triunfo contra o Brasil de Pelotas

Lorenzi ressalta confiança do grupo para seguir lutando

O Sampaio Corrêa terá 11 decisões pela frente até o fim da Série B. A situação incômoda na tabela não abate o grupo Tricolor, que ainda persiste na recuperação no campeonato, apesar do prognósticos desfavoráveis.

O primeiro desafio desta série decisiva ocorre na terça-feira, contra o Brasil de Pelotas, e o pensamento na vitória é mútuo, mesmo com um adversário do G4 pelo caminho: “Sempre temos que pensar da melhor forma possível. Apesar de ser um jogo fora de casa, contra um time da parte de cima da tabela, precisamos focar somente nos 3 pontos. Não tem como ser diferente”, frisou o volante Diego Lorenzi.

Lorenzi ressalta confiança do grupo para seguir lutando
Lorenzi ressalta confiança do grupo para seguir lutando

A partida contra um dos favoritos ao acesso requer atenção redobrada, e Lorenzi destaca os pontos a serem ajustados para sair de campo com um resultado positivo: “Estamos conseguindo jogar de igual pra igual contra todos os adversários, independente da sua posição na tabela, mas precisamos minimizar os erros para conquistar essa vitória, que vai ser muito importante para todo o grupo. Não estamos desanimados e seguimos trabalhando com confiança”, afirmou.

A equipe Tricolor realiza mais uma etapa de preparação na tarde desta quinta-feira, em treinamento no CT José Carlos Macieira, a partir das 15h30.

11 respostas

  1. Sampaio Correia hoje tem dois grandes jogadores em seu time de futebol
    alem dos outros que já são conhecidos,trata-se de Lucas Sotero e Marm-/
    entine,este ultimo trazido por Petcovic do Atlético Paranaense,eles ainda
    irão dar muitas alegrias a torcida boliviana,eu não tenho nenhuma duvida
    disso,eu quero relembrar,que o Pimentinha,não pode ficar fora destes jo-/
    gos da final,pois êle,é nossa arma para cavar os penaltis,pois alem da sua
    velecidade,dribla como ninguem,portanto este ídolo tem que voltar rápido
    e voando.

  2. Assisti o jogo entre o Grêmio Brasil X Ceará, na verdade não houve futebol, houve sim muita pancadaria com a conivência da arbitragem, deu pra perceber que eles jogam no abafa porque o campo é muito pequeno, parece o Nhozinho Santos.
    Seria bom marcarmos forte as laterais obrigando eles jogarem pelo meio, porque tecnicamente não é melhor que o Sampaio, mas sabem tirar proveito do fator campo. Se o Nhozinho Santos tivesse bom, poder´´iamos jogar essas últimas partidas lá, a pressão seria maior.

    1. amigo não existe mais campo pequeno todos os campos foram regularizados com as mesmas medidas também é só olhar a tabela que veremos que o Sampaio correia é bem melhor que o meu brasil de pelotas

  3. O sampaio tem que entra em campo realmente como time que vai jogar pra ganhar e não ficar esperando um contrataque.tem que mostar força do começo ao fim.

  4. Presidente, diretoria, assessoria…Próximo jogo do sampaio em casa só será em 08/10/16, sábado. Tem ainda 10 dias pra pedir mudança de horário. 16h o sol está muito quente, principalmente no setor 1, onde fica maior parte da torcida. Vamo pensar no conforto do torcedor que já sofre com a atual campanha e ficar num sol escaldante é desanimador pra quem quer ir pro estádio…

  5. NÃO nos resta outra opção. Temos de partir com muita raça, força de vontade e, acima de tudo, FOCO no que se pretende: 3 pontos, a cada, e em todos os jogos, doravante. ESQUEÇAM esse pífio discurso de “quem já inicia o jogo, perdendo de 1 a 0”. É SAMPAIO, MINHA GENTE!! E A BOLA É REDONDA PRA TODOS. E SÓ DEPENDE DE NÓS MESMOS: “EMPURRAR A “ESFERA DE COURO?” PRA DENTRO DA META DO ADVERSÁRIO, SEJA ELE QUAL FOR. E LEMBREM-SE: “se ainda existe um pouquinho de fumaça é por pura persistência do fogo”!!!

    ismar!!!

  6. Para conseguir o citado por Lorenzi será necessária a disciplina de vontade de todo o elenco. Jogar com raça, velocidade e ter um bom preparo físico. Não deixar para jogar somente quando levar gol. tem que partir pra cima e arriscar os chutes a gol de fora da grande área.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *