Sócio UniversoTorcedor

Histórico

Título invicto da Série C de 1997 completa 20 anos

Sampaio conquistou a Série C de forma invicta em 1997 (Foto: Arquivo/Divulgação)

Há exatos 20 anos, mais um capítulo da gloriosa história do Sampaio Corrêa era escrito no gramado do Estádio Castelão. 70 mil bolivianos testemunharam a conquista invicta da Série C, o segundo título nacional do Tricolor de São Pantaleão.

Sampaio conquistou a Série C de forma invicta em 1997 (Foto: Arquivo/Divulgação)

O adversário foi a Francana, que não resistiu ao esquadrão boliviano, nem ao imenso universo Tricolor nas arquibancadas. O artilheiro Marcelo Baron abriu o placar. Jó ampliou, ainda no primeiro tempo, numa trama espetacular com Baron. O adversário diminuiu, mas Cal, no fim da partida, fez 3×1. A torcida não se segurou e invadiu o gramado. Uma cena que nenhum torcedor Tricolor jamais esquecerá.

Campanha perfeita do time comandado pelo técnico Pinho, que em 18 jogos conquistou 12 vitórias e teve seis empates.

O time base era formado por Geraldo, Erly, Ney, Gelásio e Lélis; Luís Almeida, Renato Carioca, Ricardo e Adãozinho; Jó e Marcelo Baron. O zagueiro Toninho e o atacante Cal também eram figuras constantes na equipe.

20 anos se passaram, mas o filme ainda parece bem recente. É histórico, emblemático, pra sempre. É Sampaio Corrêa, um orgulho que não cabe no peito.

26 respostas

  1. Eu estava lá, foi inesquecível, o Sampaio sufocou a Francana do começo ao fim, e aquele gol de cal já no final do jogo foi o êxtase total. Parabéns tricolor de São Pantaleão!

  2. TIVE O PRIVILÉGIO DE ESTAR PRESENTE NESSE MEMORÁVEL MOMENTO DA HISTÓRIA DA BOLIVIA, INCLUSIVE, FAZIA PARTE DA “CHARANGA” NA ÉPOCA. MUITO EMOCIONANTE, SENTIAMOS OS ANÉIS DO GIGANTE DO OUTEIRO, BALANÇAR, CENA MEMORÁVEL

    1. ERA DE ARREPIAR, AS COBRANÇAS DE LATERAIS DE ERLY, UM VERDADEIRO CRUZAMENRO NA ÁREA, QUE MUITAS DAS VEZES RESULTAVAM EM GOL. ERA UMA EMOÇÃO INDESCRITÍVEL VÊ ESSE TIME JOGANDO, PARECIAM LEÕES INDOMÁVEIS, TINHAM SEDE DE VITÓRIA!

  3. Eu estava em São Paulo- SP mais a minha cabeça e meu coração estava no castelão. Fui assistir SAMPAIO e Juventus no Canindé. Foi 2×2 o jogo: O empate do SAMPAIO foi na raça nos acréscimo. Chorei comemorando o gol, com outros sampainos. Tenho a camisa do SAMPAIO daquele ano até hoje. SEMPRE SAMPAIO CORRÊA FUTEBOL CLUBE!!!

  4. CONCORDO que essa decisão foi de arrepiar, mas aquela em que o NEGUINHO, passou dois dias batendo pênaltis, sem perder um, FOI DEMAIS, para qualquer coração sampaino. K K K!
    ismar! !

  5. Acompanhei essa campanha vitoriosa do Sampaio.Somente não estive no castelão no dia do último jogo da fase de grupo, contra o Santa Rosa-(PA). Tivemos um susto contra o Quixadá no castelão. Temi pelo pior, mas o inesquecível Nei, decidiu o jogo lá no Ceará. Daí pra frente o tubarão foi infalível. Que Saudade. A apoteose foi mesmo aquela tarde no castelão contra a Francana. Show boliviano. Que história linda a minha Bolívia escreveu. Não esqueço sequer os nomes daqueles heróis de 1997. Serão para sempre imortais.

  6. Ao ler esse texto meus olhos mareavam de lágrimas, foi o dia mais feliz que vivi naquele estádio Castelão, um dia pra ficar na eternidade, nem mesmo o título de 1972, que também assistir, atrás do gol que dá pra vila passos, Neguinho bater 5 pênaltis foi tão emocionante quanto essa conquista.
    Parabéns ao meu time do coração, que essa data seja inspiradora para o nosso sonhado acesso para a série A do ano que vem.

    1. OI EVARISTO, COMPARTILHO A SUA NARRATIVA! QD LEMBRO DESTA CONQUISTA TB FICO COM EXTREMA ALEGRIA. AQUELE ELENCO DA BOLÍVIA QUERIDA ERA SHOW DE BOLA! MARCELO BARON, ARREBENTANDO; A DEFESA IDEM; ENFIM, TIME DE MUITA QUALIDADE.
      PARABÉNS BOLÍVIA QUERIDA SEMPRE.

  7. Que timaço esse time 1997 lembro-me como se fosse hoje e pra mim Marcelo Baron foi o melhor centroavante que o Sampaio Corrêa já teve, deveria fazer uma reportagem por onde anda Marcelo Baron que encantou os torcedores do Sampaio Corrêa.

  8. Estava lá há exatos vinte anos. Meu segundo filho tinha dois anos e sorria muito achando tudo maravilhoso. Lembro como se fosse hoje, brilhando em nossos olhos e pulsando em nossos corações o orgulho de torcer pelo clube mais popular do Maranhão.

    “Sampaio Correa, time de escol. Maior torcida, tradição em futebol”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *