Tuba Chip

Craque do Jogo

Nadson celebra boa atuação e resultado conquistado em Goiânia

Craque do jogo
Os dois gols marcados garantiram ao meia Nadson o prêmio de craque do jogo

Os dois gols marcados contra o Goiás, no empate em 2×2 na Serrinha, renderam ao meia Nadson o prêmio de “Craque do Jogo”, durante a transmissão da TV Globo, nesse domingo, 22.

Nadson celebrou a boa partida e ressaltou o resultado fora de casa: “Vinha sendo bastante cobrado pelo ano que joguei aqui, em 2015, pelos gols que fiz, então, individualmente, foi um jogo muito importante pra mim. Mas, a importância do ponto conquistado tem um valor maior, e agora é seguir trabalhando para ajudar ainda mais a equipe na competição”, frisou o meia boliviano.

O próximo desafio de Nadson com a camisa Tricolor será no sábado, às 21h, confronto contra o CSA, no Estádio Castelão.

A equipe Tricolor iniciará a preparação para o confronto na tarde desta terça-feira, em atividade no CT José Carlos Macieira.

23 respostas

  1. Excelente jogador muito inteligente, voltando a dar alegrias a nação Boliviana.
    Parabéns guerreiro, faltou aquela bola do nosso xodó entrar.
    Estou muito feliz com a campanha da equipe.
    Presidente estou querendo comprar artigos na nossa Loja Virtual, o que está faltando para ativar, já faço essa pergunta a algum tempo e a nossa acessória não pública.
    Forte abraço a nação Boliviana, estou secando Guaraní X Operário.

  2. Parabéns Nadson, até que enfim desencantou, agora vamos pra cima do CSA, temos que fazer o treino apronto final é no Castelão, o pior gramado do Brasil, fofo, horrível, a bola quica muito, jogadores não conseguem avançar com a bola dominada, a grama prende muito. Até quando este gramado vai continuar, até o futebol de várzea evoluiu e não tem um gramado ruim como esse do castelão, o elenco do bolivão esta sendo prejudicado, pois, nossos atletas são técnicos e leves, gramado fofo e pesado dificulta muito. O gramado do Goiás é perfeito, a dinâmica do jogo fica melhor com gramado em boas qualidades.

    1. No futebol profissional o jogador precisa de ritmo de jogo e entrosamento com os companheiros; com o Nadson foi assim. Além disso ele chegou sem força, algo que adquiriu com nossa preparação física. Em relação a treino de apronto no Castelão, o Surian me pediu que conseguisse pra hoje à tarde; fiz a solicitação à SEDEL que não liberou. Fazer o que, Valdemar ?

  3. Parabéns Nadson e à todos do Sampaio! Realmentepresidente Sérgio Frota, o Olávio do Atlético Cearense que fez 24 jogos e 22 gols e agora do Volta Redonda, 2 jogos e 2 gols. E ele não atacante, é meia; o Atlético só emprestou o jogador. Incrível nenhum time de série B não quis o cara. Sempre Sampaio Corrêa fc!

    1. Os meias que temos possuem, no entendimento do nosso Depto de Análise de Desempenho, qualidade superior a esse meia, Luiz Carlos. O nível dessa série B está bem superior ao da atual série C.

  4. Muito bom jogador o Nádson, melhorando a parte física e se entrosando ainda mais com os companheiros, nos dará muitas alegrias.
    Gostaria de saber sobre o Alan Godoy, e quando estreia o zagueiro Kanu. O nosso Nilson Jr, quando pressionado, tem demonstrado insegurança.

    SEGUINDO FIRME COM A BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA

    1. O Alan Godói, grande zagueiro na minha opinião, voltou aos treinos após um longo período no DM, resultado de uma jogada maldosa do Navarro ( centroavante do Botafogo-RJ). O Kanu está treinando bem e é uma opção inicialmente pra zaga central. Para a 4ª zaga temos o Éder Lima, zagueiro técnico e experiente. Temos hoje 5 bons zagueiros, Araújo.

  5. Pra quem pensava que o Goiás ia ganhar o Sampaio facilmente, tá aí o resultado. Não tem ninguém melhor do que ninguém. O CSA ganhou o Coritiba de 3 a 0 e o Sampaio vai ganhar o CSA também de 3 a 0, e assim é a Série-B.

    1. É jamais falei que o Goiás ia vencer o Sampaio facilmente. Eu jamais faria um comentário dessa natureza. O que eu falei e vou repetir, porque eu já percebi que alguns aqui que postam comentários, tem dificuldade em entender o que está lendo. Eu falei que não ia “criar expectativas, nem dizer que o Sampaio ia vencer o Goiás, porque não acreditava em vitória do Sampaio, pois o time não vinha jogando bem. Como realmente aconteceu. Não vencemos, mas, fizemos um jogo completamente diferente do jogo contra o Cruzeiro e o Avaí. O Sampaio não ficou na retranca, fechado pra levar sufoco. Nesse jogo contra o Goiás, o Sampaio jogou como time grande, ou seja, não abdicou de atacar. Contra o CSA, eu espero que vença, primeiro porque joga no Castelão, vem de um bom jogo, só que não vou criar expectativa, vou esperar o juiz apitar o final da partida. Jogando em casa tem obrigação de vencer. Mesmo porque, se não vencer no CSA, e perder novamente mais 3 pontos no Castelão, aí vai ser de lascar. Penso que o Sampaio fará uma boa partida. Se jogar o que jogou contra o Goiás, vence a partida, se voltar a jogar na retranca, aí se complica.

    2. E o Náutico que passou muito tempo na liderança e vinha de 5 derrotas, venceu ontem o CSA na estréia do Marcelo Chamusca, treinador que eu já trouxe para a Bolívia Querida e era muito criticado pela imprensa local. Nessa série B não tem jogo fácil, ECR.

  6. Concordo. É bom jogador mas chegou sem ritmo de jogo e com a parte física comprometida. Ontem fez uma partida muito boa, estava com mais mobilidade, mais solto em campo. Fiz críticas a ele nos primeiros jogos, mas, hoje, eu tenho que reconhecer que ele fez uma bela partida, relembrando os bons momentos de 2015. Torço para que ele cresça ainda mais dentro da competição. É um jogador que tem potencial e pode contribuir muito mais ainda nessa reta final da competição. Parabéns pelos belos gols e sobretudo, pelo empenho no jogo de ontem.

  7. Nosso Sampaio Corrêa não se envergou diante de um dos ”gigantes” da Série B e, não fosse a bola do Pimentinha que caprichosamente não entrou, sairíamos desse jogo contra o Goiás com 3 pontos. Nadson fez a diferença nesse grande resultado que foi o empate. De um modo geral, não parecia aquele time desatento e sem garra que perdeu para o Avaí jogando em casa e com isso 3 pontos que teriam nos colocado no G4.
    Mas acredito que temos condições de seguir brigando pelo G4 até o final da competição.

    1. O time vai oscilar ao longo das 38 rodadas, Jaime. O importante é que o Surian consertou o que viu de errado contra o Avaí, sobretudo o espaço entre as linhas de defesa e meio-campo.

  8. E tinha meia dúzia de torcedores querendo ele fora do time titular. O Sampaio Correa tá muito forte este ano, não é fácil empatar fora com Goiás e Cruzeiro e vinha de duas vitórias fora antes disso acontecer, perdemos 3 pontos em casa mas ganhamos 8 nos ultimos 4 jogos fora. Ainda teremos 10 jogos em casa, se vencermos 8 iremos buscar os pontos necessários pra classificação, fora de casa.

  9. Não gosto de valorizar individualmente, mas realmente Nádson foi muito importante para a conquista do ponto fora de casa, porém, Jean Silva e a dupla de zagueiros também jogaram muito.
    Parabéns ao Nádson e que outras boas partidas possam vir e nos ajudar nessa difícil caminhada rumo à série A.

    1. Parabéns Bolívia querida, parabéns Nadson, parabéns a diretoria, jogadores e comissão técnica, parabéns universo tricolor.
      Realmente estou torcendo muito para que todos os jogadores joguem bem para elevar o Sampaio ao G4, principalmente Nadson, Daniel Costa, Luis Gustavo, pois são bons jogadores e já provaram isso, inclusive Nadson e Luis Gustavo que já jogaram pelo Sampaio. Provavelmente estão um pouco fora de forma e de ritmo.

      1. Luís Gustavo no quesito apoio é muito bom. Já no quesito marcação é fraco. Eu gostaria de ver o Luís Gustavo jogando no meio campo, porque ele é jogador de força. Na lateral é meio complicado. O Nadson em suas primeiras partidas não foi bem, estava completamente fora de ritmo de jogo e parte física muito abaixo do normal. O Nadson veio melhorar nesse jogo diante do Goiás. Estava mais solto, jogou desenvoltura, muito diferente de suas primeiras atuações. Espero que continue com essa mesma pegada. É um jogador que saber bater na bola, já fez gol de fora da área em 2015. Quanto o Daniel Costa, é bom jogador, tem suas qualidades, mas, para entrar somente no segundo tempo, como fez diante do Náutico, e dependendo do jogo. É um jogador que não tem mobilidade, não marca, praticamente anda em campo. Essa é a minha opinião.

        1. Já comentei anteriormente sobre o Nadson, Rossini. Ritmo de jogo, entrosamento e condição física ( força, potência e velocidade) são fundamentais para qualquer jogador render o que sabe. O Nadson chegou fora de forma. Temos 2 preparadores físicos excelentes, o Renê e o Arlindo Júnior.

      2. Temos condições de estar no G4, Sewny, apesar de termos 5 Clubes que já foram Campeão da série A, nessa série B. O grande desafio é conseguir recurso financeiro adicional aos direitos televisivos para pagar salários e outros compromissos em dia e premiar o elenco por vitórias e meta atingida. Isso no Futebol Maranhense é extremamente difícil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *