Sócio UniversoTorcedor

Cordino é passado

Jogo violento, expulsões e catimba marcam vitória do Sampaio

Casagrande comemora com os companheiros o seu gol

O Sampaio Corrêa voltou a vencer o Cordino, desta vez por 1 x 0, na noite de segunda-feira, no Estádio Castelão, na partida de volta pela semifinal do segundo turno do Campeonato Maranhense. O gol foi marcado pelo atacante Casagrande, aos 32 minutos do segundo tempo. Com o resultado, o Tricolor confirmou sua classificação para decidir contra o Moto Clube o título do returno, quinta-feira e domingo, no Gigante do Outeiro da Cruz.

Casagrande marcou o único gol da partida
Casagrande marcou o único gol da partida

O técnico Flávio Araújo surpreendeu e preferiu escalar um time alternativo. Dois motivos levaram o treinador a poupar os titulares; o primeiro foi pela grande vantagem boliviana, conseguida após golear o adversário por 5 x 1, no jogo de ida. O segundo foi para não correr o risco de perder alguns dos principais jogadores da equipe que estão “pendurados” com dois cartões amarelos. “Na verdade, já tínhamos planejado essa situação. Como sabíamos que seria quase impossível inverter a situação. Por isso, decidimos deixar sete jogadores titulares fora da partida”, ressaltou Araújo.

Time alternativo do Sampaio bateu o Cordino
Time alternativo do Sampaio bateu o Cordino

Mesmo jogando com a equipe reserva e enfrentando a deslealdade do adversário, o Sampaio dominou as ações nos dois tempos. O Tricolor criou várias chances, mas só chegou ao gol quando Casagrande entrou no jogo, no lugar de Júnior Chicão. Com poucos minutos em campo, o atacante foi lançado e conseguiu fazer o gol da vitória boliviana.

O jogo foi tumultuado e marcado por quatro expulsões, todas do time do Cordino, que apelou para a violência, a partir do segundo tempo. O primeiro a receber cartão vermelho foi o  volante Wanderson, por conta de uma entrada desleal em cima do zagueiro Alex. Em seguida, foram expulsos Naldinho, Bismark e Josivan. A equipe de Barra do Corda terminou a partida com apenas sete jogadores.

Os atletas do Sampaio saíram reclamando da violência do time do Cordino. O volante Uillian deixou o campo indignado: “O time deles veio apenas para nos prejudicar. A entrada do zagueiro na jogada em cima de Alex foi criminosa. Eles agiram mal. O importante, entretanto, é que vencemos. Não foi como queríamos, mas ganhamos”, pontuou.

O elenco do Sampaio se reapresenta na tarde desta terça-feira, no CT José Carlos Macieira.

O Sampaio jogou com Rodrigo Ramos, Paulo Ricardo, Johildo, Alex e Gelvane; Robson Simplício, Uillian Corrêa e Hiltinho; Bruno Chocolate (Anderson Bonfim), Júnior Chicão (Casagrandes) e Edgar (Rayllan). Técnico – Flávio Araújo

6 respostas

  1. Parabens ao Sampaio, o futebol maranhense esta sendo respeitado, aqui em Recife o Sampaio já é conhecido da torcida do Santa Cruz, Nautico e Sport e respeitado.
    Prepere-se Bolivia, voce será o temor do Nordeste

  2. Parabéns Sampaio Correa, pela classificação. Só um lembrete, vamos
    focar nessa decisão, afinal, é o maior clássico do futebol maranhense.
    De outro modo, não vamos se matar e perder jogador para a competição
    mais importante que está aí na porta para começar. Brasileirão 2014-B.
    Vamos fazer valer o nome do Sampaio e se manter no G-4, para que o Brasil e a Rede Globo de Televisão saiba de uma vez por todas, que no Maranhão também tem jogadores e time de bom nível!!

    1. solidarizo-me com o Sr. Vilmar ao parabenizar nossos hérois pela conquista da vaga. Agora é hora de focar no Moto Club e lembrarmo-nos de que quanto antes acabar o Maranhense 2014, mais tempo teremos na preparação para a Série B do Brasileirão, para que possamos fazer uma belíssima participação e alçar o futebol Maranhense ao topo do Brasil, valorizando ainda mais não só o nosso futebol, mas, principalmente nossos clubes e atletas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *