Sócio UniversoTorcedor

Por detalhes

Sampaio joga bem, amassa o América, mas esbarra na trave e na forte retranca adversária

Sampaio tentou de todas as maneiras, não não saiu do zero contra o América

A trave, a cera adversária e outros pequenos detalhes impediram que o Sampaio derrotasse o América/MG, na noite desta sexta-feira, no estádio Castelão, no jogo que fechou o primeiro turno da Série B.

Sampaio tentou de todas as maneiras, não não saiu do zero contra o América
Sampaio tentou de todas as maneiras, não não saiu do zero contra o América (Foto: Márcio Melo)

Após os primeiros minutos de estudo, a equipe Tricolor tomou completamente conta da partida e buscou o gol durante todo o jogo, em jogadas de perigo criadas por Willian Paulista, Valber e Edgar, que levou muito perigo aos 35 minutos, com um chute forte, rasteiro. A bola passou raspando a trave.

Acuada em campo, a equipe do América se fazia valer de uma cera exacerbada, com jogadores caindo a todo momento, pedindo atendimento médico. A atitude começou a irritar a torcida e os jogadores. Um princípio de confusão chegou a se formar no meio de campo, mas os ânimos logo foram acalmados.

Quando a bola rolava, o Sampaio perseguia insistentemente o gol, que quase sai dos pés de Wilian Simões; o lateral fez fila na defesa mineira e chutou cruzado, mas a bola bateu na trave e atravessou, caprichosamente, por toda a linha da pequena área, indo pra fora. Um lance que arrancou suspiros no Castelão.

A pressão Tricolor durou até o apito final do primeiro tempo, com um chute forte de Jonas da entrada área, desviado pela defesa do América.

Na volta do intervalo, o Coelho tentou se impor, mas sem levar muito perigo ao gol de Rodrigo Ramos.

Disposto a incendiar ainda mais a partida, o técnico Lisca lançou Pimentinha no jogo, que conseguiu algumas jogadas de efeito pela direita e, numa delas, após receber belo passe de Eloir, acabou adiantando demais a bola, abafada pelo goleiro americano.

O bombardeio continuou e as triangulações de Eloir, Pimentinha e Willian Paulista infernizavam a defesa do América, mas o placar insistia em permanecer no zero.

Em jogada individual, aos 30 minutos, Willian Simões, um dos destaques do jogo, sofreu pênalti. A chance do gol incendiou as arquibancadas do Castelão, mas a trave, em noite caprichosa, impediu o oitavo gol do maestro Tricolor na Série B. A bola ainda penteou toda a linha antes de fugir para a zona morta.

O América ainda acertou o travessão do Sampaio, no fim da partida, após cruzamento de Obina que Alberto não aproveitou.

Com o resultado, o Sampaio foi aos 28 pontos e espera o desenrolar da rodada, neste sábado, para saber em que posição terminará o primeiro turno do campeonato.

A equipe Tricolor jogou com Rodrigo ramos, Edimar, Mimica, Luiz Otávio e Simões; Jonas, Marino, Eloir, Valber (Waldir); Willian Paulista (Célio Codó) e Edgar (Pimentinha)

O grupo se reapresenta na tarde deste sábado, no CT José Carlos Macieira, onde fará um treino de recuperação e começará a se preparar para a abertura do returno, terça-feira, contra o Paraná, em Curitiba.

 

 

 

16 respostas

  1. FALTOU SORTE PARA O SAMPAIO NOVAMENTE. MAS DA FORMA COMO ESTÁ LOGO LOGO O TIME ENCONTRARA O CAMINHO DO GOL.

    VLW LISCA PELO EXCELENTE TRABALHO
    VLW GUERREIROS PELO EMPENHO

    VLW ELOIR. VC PERDEU ESSE PENALTI MAS JÁ NOS LIVROU DE MUITAS DERROTAS DURANTE TODOS ESSES ANOS. NÃO ABAIXE A CABEÇA POIS ESSAS COISAS ACONTECEM.

  2. Gostei do termo “SOLIDÁRIO”, não é bem o que pensam os atacantes na hora da conclusão, principalmente o Edgar…que dificuldade prá passar uma bola.

  3. O problema continua sendo o mesmo e todo mundo sabe disso: FALTA UM CENTROAVANTE QUE FAÇA GOLS E MAIS UM ATACANTE QUE TAMBÉM SAIBA FAZER E GOLS E SEJE SOLIDÁRIO, OU SEJA, PASSE A BOLA PRA QUEM ESTIVER MAIS BEM COLOCADO PRA FAZER OS GOLS. O EDGAR E O PIMENTINHA JÁ DEMONSTRARAM QUE NÃO SÃO ESSE CARA.

  4. Prefiria que o Sampaio jogasse todo jogo mal em casa, mas ganhasse de 1×0 pegando sufoco, de que jogar bem e ficar só no empate. Não há “jogo bonito” que seje mais saboroso de que somar mais três pontos.

  5. Aqui a resposta é para concordar com aqueles que também acreditam que o problema não é o Lisca, e também com aqueles que acham que contratar mais jogador pra ficar no banco não adianta.
    Para sugerir à aqueles que ficam responsabilizando, a trave, o juiz, a cera, a grama alta, o gandula etc e falta de Flávio Araujo wue parem com essa lamentação, pois não é nada disso. O SAMPAIO nao ganha seus jogos em casa por incompetência, porque falta espírito e vontade de vencer.

  6. Toda a equipe que vem jogar no castelão faz sempre a mesma coisa. Cera !!!! Agora só o sampaio que não usa a mesma para benefício próprio! Tem que avisar o elenco que quando for jogar fora usar a mesma cera que eles fazem aqui…..

  7. ninguém pode cobrar nada aqui, os jogadores lutaram muito contra um bom time mesmo desfalcado talvez o que tah faltando também é transformar o castelão num verdadeiro caldeirão, o público foi decepcionante era pra ser uns 30000 no mínimo e os que estavam lá só ficam sentados e calados, isso que me dá raiva!!!

  8. ATE QUANDO VAMOS JOGAR BEM E NÃO GANHAR? TODO TEMPO ESSA MESMA CONVERSA POW… TEMOS É QUE GANHAR NÃO IMPORTA COMO SE É JOGANDO BEM OU MAL TEMOS É QUE GANHAR.

  9. Ficar a cada jogo que o Sampaio nao ganha em casa, reponsabilizando a trave, o juiz, a cera e até o gandula não cabe mais.
    o Sampaio nao gannha os jogos em casa porque falta competência. O América veio aquo com 6 ou 7 desfalques, mais os 2 que se machucaram no inicio do jogo e mesmo assim o Sampaio foi incompetente. Essa baba que o Sampaio pegou aqui com certeza não vai ter no jogo devolta la em Minas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *