Sócio UniversoTorcedor

“Cuspiu na minha cara”

Paulo Sergio revela motivos que deram início à confusão após o clássico

Zagueiro Paulo Sérgio revelou motivos que deram início à confusão (Foto: Ronald Felipe)

O clássico entre Sampaio Corrêa e Moto Club ganhou contornos polêmicos ao fim dos 90 minutos, quando membros das duas equipes se desentenderam na descida para o vestiário.

Apontado como pivô da confusão por integrantes do clube motense, liderados pelo supervisor André Gomes, o zagueiro Paulo Sergio prestou depoimento à polícia após a partida, e revelou os verdadeiros motivos que deram início ao tumulto.

“Eu estava descendo para o vestiário quando o tal André me chamou e disse: ‘Rasga aí, Paulo Sérgio, F…’, e depois cuspiu na minha cara. Eu o empurrei e depois começou a briga. Ele é o mesmo que pisou no escudo do Sampaio, ano passado”, declarou o zagueiro boliviano, reproduzindo as mesmas palavras que constam no Boletim de Ocorrência.

O Sampaio Corrêa colocou seu departamento jurídico para prestar apoio ao atleta, e tratará a questão apenas internamente. O clube aproveita para frisar: reprova qualquer tipo de atitude que extrapole as quatro linhas do campo, principalmente envolvendo violência. Por fim, lamenta que tal incidente tenha se iniciado com uma atitude que afronta os cuidados sanitários em tempos de pandemia.

10 respostas

  1. Mesmo sabendo que Paulo Sérgio tem coração de Leão, não acredito que ele tenha começado a confusão,jogo contra esse time é sempre complicado,eles não tem nada a perder,qualquer coisa que puderem tirar vantagem vão ficar se vangloriando k tempo todo,os dirigentes do Sampaio tem que orientar os atletas sobre essas provocações e os atletas tem que ter segurança mantendo a distância deles, até porque o Sampaio tá em outro nível e tem os se comportar como tal,a história desse jogo já nem é mais clássico,clássico é Sampaio e os times da segunda ou primeira divisão,jogo com esse time nem tem mais graça,pelo menos pra mim.

  2. Isso é que dar ficar toda vez ressuscitando essa nojeira, esse morto clube já ta morto, não vai pra lugar nenhum, sempre na mesma e o Sampaio toda vez ajuda essa porcaria, o Sampaio quando for jogar com esse nojo, tem que terminar de matar, eles nos odeiam, e alguns atletas e diretores deles agem dessa forma, com desrespeito ao nosso clube, time como o Sampaio que está dez anos luz a frente desse nojo tem que terminar de exterminar com eles. PC está correto, era pra ir mais fundo ainda.

  3. Vamos passar uma borracha em cima dessa confusão envolvendo o Paulo Sergio e o representante do Moto, e trabalhar forte já pensando no jogo contra o Ceará, isso é que é importante para o clube e torcedores. Esse jogo contra o Ceará é no momento o jogo mais importante na vida do Sampaio, porque está em jogo dinheiro pro caixa do clube, não podemos vacilar contra um time que estar no momento vivendo uma boa fase, mas futebol se resolve no gramado e vamos jogar tudo em busca da classificação, coisa normal o Sampaio se classificar em pleno Castelão.

  4. Paulo Sérgio tem meu apoio,, ele é um dos únicos quê sabe oque é um jogo entre moto e os caras,.. quem dera todos tivessem o espírito dele dentro de campo ao jogar contra os caras…pena quê não pode jogar .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *