Sócio UniversoTorcedor

Acertando as contas

Presidente Sergio Frota acerta com jogadores e já traça planos para 2015

Presidente Sergio Frota trabalha intensamente para fechar o ano de 2014

O Sampaio trabalha intensamente para fechar as contas do exercício 2014 e começar a pôr em prática o planejamento para o próximo ano, que reserva um calendário agitado pro time boliviano.

Presidente Sergio Frota trabalha intensamente para fechar o ano de 2014
Presidente Sergio Frota trabalha intensamente para fechar o ano de 2014

No último sábado, o presidente Sergio Frota passou o dia inteiro reunido com seus diretores, financeiro e jurídico, desde 11 da manhã até 9 da noite, definindo a situação dos jogadores, e já acertou as pendências financeiras com doze atletas. Rodrigo Ramos, Daniel, Edimar, Tote, Luiz Otávio, Wilian Simões, Robson Simplício, Uillian Correia, Cascata, Cleitinho, Willian Paulista e Waldir foram os primeiros a sentar para resolver suas questões. Os demais serão chamados nesta terça-feira para acertarem as contas.

Com a medida, o presidente Sergio Frota quita os salários atrasados e confirma os compromissos assumidos durante sua administração: “Com muitas dificuldades, vamos honrando com nossas obrigações. As rendas dos jogos não pagam 40% da folha, e nós temos que batalhar muito para completar as despesas”, declarou o dirigente.

Sobre o futuro do grupo, Sergio admite que já sabe quais jogadores não permanecerão no clube para a próxima temporada, mas só divulgará os nomes após acertar as pendência gerais do elenco, em entrevista coletiva ao fim desta semana.

Frota trata de tranquilizar a torcida Tricolor, e garante: “Apesar das dificuldades que encontramos este ano, o Sampaio virá forte para 2015. Hoje, o Sampaio está entre os 30 melhores times do futebol brasileiro, o que nos honra muito. Sabemos em que situação pegamos o clube em 2007. Em 2014, o Sampaio encerra no 10º lugar da Série B. Queremos mais ano que vem”, destacou.

Otimista, Sérgio Frota tem certeza de que, com o novo governo no Maranhão, o ano tende a ser melhor. “Como deputado eleito, já conversei com  o governador Flávio Dino e ele me falou que vai apoiar o futebol maranhense. Nós precisamos disso”, acredita.

Na avaliação do mandatário, 2014 foi um ano positivo para o Sampaio. “Ganhamos o Maranhense, conquistando o quarto título em cinco anos. O Sampaio permaneceu na Série B, na parte de cima, em 10º lugar”, comentou.

Série A

O presidente está certo de que tudo vai melhorar. “Fica a minha promessa para o torcedor boliviano de que durante o meu mandato como deputado estadual, o Sampaio vai chegar finalmente à Série A. Para isso, estamos criando estrutura. Criamos um mecanismo de gerar receita para o clube, inaugurando essa loja no maior shopping de circulação de São Luís, que é o Rio Anil, no sentido de fazer com que o torcedor do Sampaio tenha condições de usar com orgulho uma camisa ou qualquer produto que venda na loja do seu clube. Sou grato ao torcedor, que tem sido, sem dúvida nenhuma, a viga de sustentação, o meu apoio, nessa caminhada do Sampaio Corrêa.

Reformulação

Para 2015, o time vai mudar bastante. “A reformulação será acentuada. Vai haver mudança, é lógico. Nossos jogadores foram muito valorizados. Vamos procurar mantê-los, mas não vou prejudicar ninguém. Mas, quero dizer para o torcedor, que pode acreditar que o Sampaio de 2015 será um Sampaio mais forte do que em 2014. Vou fazer uma equipe tecnicamente superior”, garantiu.

Sobre a comissão técnica, Frota frisou que, no momento certo, divulgará os nomes. “Não estou parado. Passei dois dias no Rio/Brasília, trabalhando pelo Sampaio. Tenho quatro nomes agendados. Alguns divulgados e outros, não. Mas quero dizer para o torcedor que, no começo de janeiro, desde sua apresentação, virá com uma comissão técnica competente acompanhada de um elenco forte tecnicamente para que a gente atinja os objetivos”, ressaltou o presidente.

Metas traçadas

O presidente revela quais os objetivos a serem perseguidos em 2015. “Buscaremos o título da Copa do Nordeste, tentaremos chegar, pelo menos, nas oitavas-de-de-final ou quartas-de-final da Copa do Brasil e, no fim do ano, o objetivo principal que é subir para a Série A do futebol brasileiro”.

Prejuízo financeiro

O Prejuízo financeiro foi grande em 2014. “Tínhamos um orçamento de R$ 9 milhões e a receita estimada em até R$ 6 milhões. Só conseguimos R$ 5 milhões e 800 mil. Então tivemos um prejuízo de R$ 3 milhões e 200 mil este ano. No começo de novembro, já estávamos com prejuízo de R$ 1 milhão e 200 mil. Tem torcedor que está pedindo transparência. Quero que ele vá assistir à minha prestação de contas, porque não vou ter fim de ano, não vou ter começo de ano, pois vou seguir trabalhando pelo Sampaio. Vamos ter de encerrar o ano. Vamos ter de montar uma equipe forte para, no dia 3 de janeiro, começarmos a trabalhar com tranquilidade. Temos de investir na infraestrutura do clube. Temos só um campo de treinamento, nosso objetivo é construir, agora nas férias, um outro campo de futebol, para que possamos trabalhar em 2015 em uma situação mais favorável”, apregoa.

Jogadores agendados – “Minha preocupação é honrar o compromisso  com jogadores, que jogaram este ano pelo Sampaio, para que o clube continue a ter uma imagem positiva no Brasil afora, para que o Sampaio continue a ter credibilidade. Estamos acertando com os atletas, liberando os que não devem voltar e analisando os que nos interessam”, contou.

Planos –  “O planejamento está feito. Planejamento não se faz de uma hora para outra. Sei o que temos e que precisamos ir buscar no mercado. Volto a dizer que em 2015 vamos ter menos dificuldades, tendo o apoio necessário do governo do estado, não só ao Sampaio como ao futebol maranhense, tudo vai melhorar”, finalizou.

 

 

53 respostas

  1. presidente sou tubarão, não acompanho a fundo as finanças do clube, mas o sampaio tem um otimo publico e renda tambem, graça a bela campanha, ainda fechou no vermelho pq,e se nao tivesse, essa maravilhosa torcida,como terminaria o ano,vamos fazer um time forte e levar o tubarão para a primeira

  2. Leomar ex-Maranhão Atlético é o primeiro roforço do Sampaio
    Correa! Se esse é o primeiro reforço faço idéia dos que estão por vir! Para uma proposta de montar um time melhor do que o de 2014, essa contratação é uma piada de mal gosto! Enquanto o time do Ceará, por exemplo, está contratando zagueiros de destaque e com experiência em Série B, o Sampaio contrata um lateral de um time que está rebaixado para a 2ª divisão, e o que é pior, um zagueiro sem experiência e qualidades técnicas para uma disputada da Série B de 2015 que vem super competitiva.

  3. ola sergio frota, faça um time bom para 2015, vamos calar são luis/ma,fazer o melhor time do maranhão e do nordeste, não vamos ficar igual o morto clube que nunca vai subir da serie d para c.

  4. Presidente Sérgio Frota, em relação a um possível acerto com um patrocínio master para a temporada de 2015, tenho uma sugestão, sou da cidade de Codó-MA, e temos presente em nosso município uma das maiores industrias do Maranhão, do Brasil e do Mundo, esta empresa é a famosa “FC Oliveira Ltda” que tem como diretor o senhor Francisco Carlos de Oliveira. Alguém da direção do Sampaio poderia agendar uma reunião com o Francisco Carlos de Oliveira, tenho certeza que ele terá o maior prazer em recebe-los e ajuda-los no que for possível. Fica a dica. Forte abraços pra todos. #SouSouTubarão #DalePaiô

    Site da Empresa: http://www.fcoliveira.com.br/v.2/

  5. Prezados

    Para que tudo isso que esta sendo apresentado e para que a bolivia possa melhorar. faz-se necessário o torcedor do sampaio ser sócio do clube, para que o clube possa ter receita mensal que possa pagar a folha e demais despesas, não pode um clube viver de arrecadação de jogos, isso coloca-o à falencia.
    Por isso minha solicitação a torcida boliviana é: Ser sócio do clube, se possivel com a mensalidade de maior valor.
    O clube só poderá ter uma boa equipe e estrutura se tiver um bom numero de socios.

  6. Estamos com você, basta continuar honesto que terá sempre apoio, pois o Brasil está precisando desta postura de seus governantes, como você disse, tenha uma comissão competente em nível de conhecimento do futebol Brasileiro, principalmente os preparadores físicos e psicólogos.

    Obrigado

  7. Presidente Sergio Frota,continue com esse pensamento de colocar o Sampaio no lugar que merece,mas com os pés no chão,não vá atras de torcedor descrente e inconsciente,faça o correto que você pretende fazer para o bem do time,que o real torcedor vai apoiar em todos os momentos.Conte comigo no que puder ajudar dentro das minhas possibilidades.

    1. Oi José,
      Estamos planejando isso para breve. Antes precisamos melhorar a estrutura do CT para dar melhores condições de lazer aos sócios. Obrigado por participar.

  8. PELAMORDEDEUS, vamos esquecer jogadores que passaram pelo time em séries anteriores. O Sampaio agora está em outro nível, e os jogadores que vierem, no futuro, têm que ser do nível da realidade atual. Caso contrário, o time vai acabar voltando à estaca zero. Tenho certeza que nenhum torcedor boliviano gostaria disso.
    Acredito no presidente quando ele diz que o time de 2015 será melhor do que o de 2014.

  9. Tenho certeza que com essa mentalidade com certeza chegaremos a SÉRIE A. Pois um time para ser grande tem que ter um pensamento grande e isso vemos que o nosso Presidente tem. Saudações Bolivianas e um FELIZ 2015 a TODOS VOCÊS MEUS CONTERRANEOS.

  10. Parabéns ao clube e ao presidente do Sampaio, por está colocando o clube e o futebol Maranhense aonde muito anos não era visto. Eu como maranhense e torcedor do Sampaio fico muito contente com a desenvolvimento do trabalho do Sérgio Frota, um trabalho de visão e credibilidade. Continue e não deixe que comentários vazios lhe desestimule. Seja muito feliz na sua caminhada política e cristã, junto com sua família. Feliz Natal e ano novo para todos os torcedores da Bolívia e do Maranhão.

  11. Sampaio é gigante pela própria natureza (3º colocado nacional em média de público) e também tem um presidente gigante, parabéns Sergio Frota, vc esta pra sempre na historia desse clube de tanta tradição do Maranhão, feliz natal e prospero ano novo a vc Frota e familiares e tambem ao grande Universo Tricolor…!!

  12. O Presidente Sérgio Frota é honesto e um excelente administrador, e não mede esforços para honrar os compromissos do Clube. Aqule torcedor que pede transparência só pode ser alienado e não observa e nem participa do dia do Sampaio Correa. Ou em última instância, é motense querendo stressar o Presidente.
    Manter uma equipe na Série B no Brasil é um grande desafio, não é à toa que a maioria dos clubes brasileiros estão endividados. Tem clube grande que deve mais de 4 meses aos jogadores. O Avaí, por exemplo, estava com 3 ou 4 meses de atraso. Não é fácil e em 2015 vai ser muito mais caro, porque muitos jogadores que se sobressairam vão sem dúvida ter elevado seu valor contratual. É fazer força para manter a base com aqueles bons jogadores que se destacaram no Sampaio em 2014 e contrar reforços certos.

  13. Acredito sinceramente no presidente Sergio Frota,mas vou voltar a insistir vamos melhorar o ct,vamos procurar um bom patrocinador a serie a vira com esta extrutura pronta um bom CT e motivo a mais para motivar o torcedor e angariar mais socio para o clube

  14. Meu presidente meus parabéns pelo seus trabalhos, digno de um presidente responsável e comprometido, você mais uma vez fez um belo trabalho no nosso clube … sampaio esse ano está de parabéns por tudo que fez , entre outros representar o MARANHÃO perfeitamente , levando o nome do estado e mostrando que aqui ainda tem time ,futebol,torcida … enfim estou orgulhoso como sempre do meu time e espero que no ano que está por chegar ,seje melhor ainda , com títulos regionais nacionais e locais, parabéns …. obrigado !!

  15. Manter a base é importante, dispensar quem efetivamente não serve, tem outros jogadores que serão negociados e trazer qualidade, esquecer quantidade.

  16. Presidente, sei de sua sensatez, mas não podemos ter 7m prejuízo de R$ 3.000.000,00.
    Se seu orçamento é de “x” há de se trabalhar com esse valor.
    Não se pode nem pensar em comprometer as receitas futuras.
    Há de se fazer um planejamento a longo prazo.
    Temos inúmeros exemplos de loucuras cometidas por outros clubes e já sabemos que é uma péssima escolha.
    Pés no chão e responsabilidade acima de tudo.

  17. Creio que esses nomes abaixo devem ser dispensados:

    – William Paulista
    – Daniel Damião
    – Tote*
    – ROBINHO!!
    – Ítalo
    – Waldir
    – Cascata e Márcio Diogo

    – Fora os que são só pra preencher elenco que estão “mumificados” no clube.

  18. BOM DIA A TODOS! MORO EM BELÉM E A DOIS ANOS SOU SÓCIO TORCEDOR VIP DO SAMPAIO. TENHO ACOMPANHADO ESSES ANOS TODOS O SAMPAIO: NA SÉRIE D, C E B. AQUI NO PARÁ O GOVERNO DO ESTADO AJUDA EM MUITO PAYSANDU E REMO E UM POUCO OS OUTROS. MAIS OS DIRIGENTES SÃO PÉSSIMOS E OS TIMES ESTÃO MAIS OU MENOS. ESPERO QUE O SAMPAIO MANTENHA UMA BASE E CONTRATE BONS JOGADORES PARA TENTAR SUBIR PARA SÉRIE A NO PRÓXIMO ANO. UMA VERGONHA TER APENAS UM TIME DO NORDESTE NA SÉRIE A E NENHUM DO NORTE. A TORCIDA NORDESTINA E NORTISTA TÊM QUE TER VERGONHA NA CARA E DEIXAR DE FICAR TORCENDO PARA TIMES DO SUDESTE E SUL EM DETRIMENTO DOS TIMES DO NORDESTE E DO NORTE. ELES NÃO ESTÃO NEM AÍ PRA GENTE. QUE VENHA 2015 E VAMOS COM TUDO PRA CIMA DELES. PARABENS AO SAMPAIO PELA CAMPANHA!

    1. É isso aí, Apolinário. Concordo plenamente!!!! O norte e o nordeste estão virando “quintal” dos cariocas e paulistas, repleto de torcedores daquelas “dragas: times pífios e não jogam nada, nada e. . . . . .nada!!!

    2. Concordo com você Apolinário, vamos ver se o novo governo vai ajudar os clubes Maranhenses, a exemplo do Pará. Enquanto existir essa paixão vergonhosa de torcedores do norte e nordeste pelos clubes do sudeste , os clubes daqui serão sempre pequenos e Isso é uma vergonha. É tempo de se decidir ou torce por flamengo Vasco corinthians palmeiras ou torce pelo Sampaio, ao invés de comprar camisas de times do sudeste ajude o nosso Sampaio.

  19. Presidente, parabens pelas suas poderações, não faça loucuras por acesso a serie A de forma inconsequente, invista em estrutura do clube prioritariamente e nas divisões de base criando as condições ideias para ser um clube sustentavel a curto prazo. Evite “medalhões” e “jogadores em fim de carreira” pesquise jogadores jovens e com ambição de crescer e teremos um boa campanha em 2015. Abaixo uma materia sobre o “modelo” de gestão do momento que entendo como algumas ideias que podem ser copiadas.

    Paternalismo e modelo empresarial levam futebol catarinense ao ápice
    Com quatro equipes na Série A, estado desbanca o Rio de Janeiro apoiado numa associação de clubes e nos conselhos do presidente da federação, aliado de Marin

    O futebol catarinense terá, em 2015, mais representantes que o Rio de Janeiro na Série A do Campeonato Brasileiro. Joinville e Avaí subiram e se juntarão a Figueirense e Chapecoense na elite, que, pelo segundo ano consecutivo, terá três cariocas: Flamengo, Fluminense e Vasco. Fato impensável há pouco tempo atrás. Por quê?
    Há explicações de todo tipo: a implantação do modelo empresarial de gestão nos clubes, a concentração da economia no interior do estado, a existência de uma associação que caminha paralelamente à federação local e uma administração paternalista, em que o principal dirigente dá conselhos, veste todas as camisas e faz discursos no vestiário.
    Delfim de Pádua Peixoto Filho comanda a Federação Catarinense de Futebol desde 1985. Está no sétimo mandato depois de ser deputado estadual e presidente do Marcílio Dias, time de sua cidade, Itajaí. Antes mesmo de ele tomar o poder, participou da fundação de uma associação de clubes que, até hoje, tem influência direta no dia a dia do futebol local.

    – A associação é um órgão que consulto às vezes. Eu não decido sozinho, me reúno com eles antes do conselho arbitral. Serve para juntar o pessoal – disse Delfim.
    Mas de que maneira esse órgão interfere na ascensão dos catarinenses? A associação ajudou a dar uma condução homogênea dos clubes. Cada um com sua característica, claro, mas debaixo de conceitos empresariais. Quase todos os presidentes são influentes em negócios locais. É o caso de Nereu Martinelli, que toca o Joinville, atual campeão da Série B, e é dono de uma das grandes empresas de auditoria do país.

     
    – Gastamos só o que podemos gastar. Todos os salários e premiações estão em dia. Neste mês, vamos pagar mais R$ 300 mil, a diferença pelo título. Ainda não fechamos o orçamento de 2015 porque não sabemos o valor das cotas, mas há muito do lado empresarial na gestão dos clubes de Santa Catarina – explicou.
    Antes de assumir a presidência, Nereu foi diretor de futebol. Diz que encontrou a equipe jogando com a camisa de um clube de Jaraguá do Sul e com as categorias de base terceirizadas. Valoriza a construção de um centro de treinamento e algumas medidas, como plano de saúde a todos os jogadores (com dependentes), que também se tornaram sócios da parte social.
    Para disputar a Série A, depois de 28 anos, ele já renovou o contrato de oito titulares, aposta de peças estratégicas como o técnico Hemerson Maria, o auxiliar Ramón Menezes, exímio cobrador de faltas nos tempos de jogador, e o superintendente César Sampaio, de extenso e glorioso currículo.

    – Vou ter que mudar o sistema de premiação. Em 2014, criei metas em conjuntos de jogos, onde eles ganhavam de acordo com uma pontuação mínima ou máxima. Mas o modelo de gestão não vai mudar. Não vejo como trabalhar num clube que deve um mês de salários. Eu já consegui até pagar uma semana antecipado. O Sampaio disse que nem no Japão viu isso – enalteceu o presidente.
    Pagar em dia é um dos conselhos com cara de exigência que Delfim alega dar aos filiados nos encontros, sejam da federação ou da associação, que costuma se reunir a cada três meses e é presidida, atualmente, por Wilfredo Brillinger. Ele também comanda o Figueirense e a Prosul, empresa de engenharia que atua na área de infraestrutura urbana em Florianópolis e ainda gerou a Angra, do ramo da construção civil residencial.

    Outras sugestões de Delfim são mais didáticas: investir nas categorias de base e não contratar jogadores veteranos. Ele explica:
    Esses jogadores (veteranos) acabavam a carreira no Rio ou em São Paulo e vinham pra cá aproveitar as delícias da praia. Jogavam um ano e iam para o boteco

    – Esses jogadores acabavam a carreira no Rio ou em São Paulo e vinham pra cá aproveitar as delícias das praias de Santa Catarina. Jogavam um ano, iam para o boteco e não rendiam.
    Brillinger quer aumentar a influência empresarial na administração do Figueirense. Por lá, nem tudo são flores. A dívida de R$ 56,8 milhões incomoda, e há uma forte cobrança de opositores pela situação financeira. Na última sexta-feira, ele apresentou um projeto de gestão compartilhada entre o clube e uma empresa a ser criada no modelo de Sociedade Anônima.
    Essa empresa assumiria as dívidas do clube e teria 15 anos para dar retorno aos investidores. O presidente diz que só será candidato à reeleição no pleito do próximo dia 16 caso esse projeto tenha aceitação.
    – Quero transformar o Figueirense num clube-empresa, desvincular o futebol porque tenho investidores interessados na marca Figueirense. No modelo atual, ninguém vem. Dessa forma, poderemos montar um elenco mais qualificado, crescer a torcida, sem perder o comando da gestão.
    A ambição do Figueirense contrasta com a cautela adotada pelo presidente da federação. Num jantar com os presidentes dos quatro clubes da Série A, mais o Criciúma, rebaixado para a segunda divisão, Delfim de Pádua Peixoto Filho voltará a determinar que a maior preocupação será manter-se na elite.
    – Direi o que já digo há anos: vamos devagar. Se pudermos continuar crescendo, uma hora vamos disputar coisas maiores.

    Delfim foi um dos vice-presidentes eleitos para o próximo quadriênio da CBF, na chapa de Marco Polo Del Nero, que assumirá o poder em abril de 2015. O catarinense é muito próximo dele e de José Maria Marin. Foi um dos favoráveis, por exemplo, à queda de Luiz Felipe Scolari após o vexame da seleção brasileira na Copa do Mundo.
    Influente, ele admite ter trânsito na Confederação Brasileira de Futebol. Em Santa Catarina, sua federação dá um carro ao campeão estadual, mas ele jura jamais ter ajudado clubes com dinheiro, apesar de subsidiar as divisões inferiores.
    Pouco antes do fim da Série B, Delfim fez uma campanha. Vestiu as cinco camisas – Figueirense, Chapecoense, Joinville, Avaí e Criciúma – e encabeçou campanhas de otimismo: todos atingiriam seus objetivos. Só o Criciúma, que caiu, não cumpriu. O Avaí, a certa altura, não estava no G-4 da segunda divisão. Com seu jeito paternalista, o presidente da FCF foi ao vestiário manifestar apoio aos jogadores e ao técnico Geninho.
    O Avaí subiu e viu um desabafo do presidente Nilton Macedo Machado, que assumiu em 2013 e escancarou por diversas vezes as caóticas finanças. Desembargador aposentado, ele é o único que não é empresário, mas também se orgulha de ter terminado o ano com os salários em dia, missão que parecia impossível.
    – Não dá para fazer futebol devendo salário ou INSS – resume o vice da CBF.
    Há clubes cheios de dívidas, está na hora de ter penalização para eles. Daqui a pouco, vamos parar de fazer futebol porque não adianta dar soco em ponta de faca. Isso só vai mudar quando governo e CBF penalizarem administrações irresponsáveis
    Sandro Pallaoro, presidente da Chapecoense
    Delfim também jura que assiste a dois ou três jogos no estádio por rodada no futebol catarinense. Inclusive da Chapecoense, representante da região Oeste, distante cerca de 600 quilômetros da capital. A área é repleta de indústrias alimentícias. A ascensão da equipe, que subiu em 2013 e conseguiu se manter na Série A, foi impulsionada pelo apoio dessas empresas.
    O clube, caçula entre os melhores do país, também tem um empresário à frente: Sandro Pallaoro, paranaense, é proprietário de uma distribuidora de frutas. Empolgação à parte pela permanência na primeira divisão, ele descarta altos investimentos. Para ele, a única forma de equipes como a Chapecoense ameaçarem os grandes do futebol brasileiro é a adoção de rigor na penalização aos endividados.
    – Nós temos que garimpar atletas baratos e montar times para tentar surpreender. Há clubes que têm caixa e estão cheios de dívidas, e continuam fazendo a mesma coisa. Está na hora de ter penalização para eles. Senão os menores sempre vão brigar lá embaixo. Daqui a pouco, vamos parar de fazer futebol porque não adianta dar soco em ponta de faca. Isso só vai mudar quando governo e CBF penalizarem administrações irresponsáveis.

    1. Valeu Jefferson. Assessoria por favor passem para o presidente esse comentário muito proveitoso do Jefferson, com certeza ele irá aproveitar alguma dica.
      Sampaio minha paixão.

  20. O Presidente está correto. Estamos em plena época de reformulação e demais assuntos relacionados ao plantel atual. Deve-se dispensar quem não interessa e manter aqueles que agreguem, qualidades e esforços, no sentido de suprir as carências da Agremiação boliviana.
    Um especial “FELIZ ANO NOVO” ao Frota e seus colaboradores!!!

  21. Sou Maranhense com muito orgulho e mais ainda quando vejo pessoas PROFISSIONAL, como este CARA SERGIO FROTA, profissional este que se preocupa com seu elenco e a imagem do clube, espero que alguns pontos sejam mudados para este ano:

    diminuição destas despesas que o sampaio enfrenta em cada jogo, o que sobra, é muito pouco para o clube

    Melhoria em seu CT para ficar mais atrativo a torcedores, visitantes e demais.

    Sampaio tem vários torcedores no interior do estado, fazer um plano de marketing, que atrai estes torcedores para assistir jogos em São Luis e comprarem produtos da marca, sócio torcedor.

    Fechar patrocínio tão esperado que é a Caixa Econômica Federal e tentar atrair empresas locais com beneficio para o clube e a empresa patrocinadora.

    Muito obrigado por este espaço, adoro meu maranhão, adoro meu sampaio.

  22. Sr. Presidente,

    Fiquei muito feliz em assitir dois jogos do sampaio neste ano, um em varginha contra o boa e o outro aqui em belo horizonte conta o america mineiro. Ambos perdemos mas foi muito gratificante em varginha ver 17 maranhese torcendo pelo sampaio e aqui em bh olhar tanta gente com a camisa do sampaio.
    Parabéns, feliz natal e um excelente ano novo para todos.

  23. Analisando bem o Oliveira Canidé é uma boa opção… senão vejamos:
    Ele é treinador de grupo, No CSA fex uma boa campanha na Copa Nordeste, foi campeão pelo Campinense na Copa Nordeste com um time barato.
    Foi campeão potiguar pelo América em este ano de 2014.
    Fez boa campanha na Copa do Brasil… com o 5 a 2 no Flu em pleno Maraca.
    Foi pro Santa Curz enquanto os jogadores tiveram gás$$$$, com greve e tudo venceu cinco seguida… depois sem gás$$$.. desandou…..tipo os do Sampaio ….se deixar ele treinar e der condições ele realiza um bom trabalho.

    1. Conheço o treinador, é do mesmo quilate do Flávio Araújo. Só resta quem o contratar, dar as condições necessárias. Muito bom também!!!

  24. Presidente a pessoa que lhe entrevistou no “SITE”,não fez a pergunta que toda torcida deseja saber;afinal como está os andamentos com a CAIXA ou outras Empresas e também o Senhor anunciou vários inícios dos anos anteriores que iniciaria a reforma geral da SEDE e nunca acontece muda o gramado do CT com um de qualidade

  25. Presidente muito obrigado e tenha a certeza que a minha parte continuarei fazendo, contribuindo como socio torcedor, indo ao campo e pagando o meu ingresso junto com a minha familia, insentivando os jogadores e acreditando muito mais em vc.
    Presidente o que me endiguina e eu pagando ingresso na arquibancada na 2/3/4 e. Sendo socio torcedor e quando olho para as cadeiras cobertas bem cheia, e ao ver do lado de fora varias pessoas que se aproveitam das carteiras dos cronistas pra entrarem de graca. Vc deveria era mandar prender esses cronistas que usam as suas carteiras para colocarem para dentro quem eles querem e quando alguem fala algo ainda ficam falando grosso, eles so prejudicam o nosso esporte.
    Obrigado presidente cascudo.
    Um feliz Natal e prospero ano novo a vc e toda a sua familia.

  26. Até que enfim, notícias esperançosas, entro neste site de manhã, tarde e noite, umas 15 vezes por dia, sempre buscando algo otimista e estas palavras me animam bastante, espero que dê tudo certo, sempre com os pés no chão, responsabilidade e muito trabalho faremos o Sampaio Corrêa cada vez maior.
    Só sugiro muita cautela, e um planejamento a médio e longo prazo para esse acesso, é necessário gerir este clube com razão para tornar o clube cada vez mais sólido.
    Sérgio Frota tem todo o meu apoio.

  27. Presidente sabemos de sua responsabilidade para com o Sampaio Correa Futebol Clube, porém tem muitos jornalistas tentando querer bagunçar o ambiente, mas não vão conseguir. Que eles divulguem o que outros clubes estão passando, como exemplo podemos dizer, que o Edson Porto não quer vim mais treinar o determinado time daqui enquanto não receber os últimos meses que trabalhou. Divulguem jornalistas essa ai também. Esqueçam por um tempo o Sampaio Correa, pois só acham de falar mal. Lembrando mais uma vez estamos no brasileiro da série B, os outros estão sem série e é arriscado nem irem para Copa do Nordeste, pois tem que depositarem até o final desta semana certa quantia. Quanto a Copa do Brasil, só se o Sampaio Correa ajudar. Será que vão conseguir fazer o depósito. Mais uma vez pedimos esqueçam a Bolivia Querida e procure ajudar o time de vcs. Estou de olho, criticou de lá eu critico daqui e doa a quem doer.

  28. Vídeo resumindo a atuação dos times do Norte e Nordeste em todas as séries do Campeonato Brasileiro em 2014.

    Ninguém ergueu taça este ano;
    Apenas 3 times conseguiram acesso;
    E 5 foram rebaixados;

    2014 foi um ano ruim para a maioria. Esperamos que 2015 a grande maioria tenha bons resultados e conquistas a nível nacional. Que brilhe o futebol do Norte e Nordeste deste grande Brasil!!!

    https://www.youtube.com/watch?v=UvkFTU7h-c0&feature=youtu.be

    1. Luiz os clubes do norte e nordeste só serão grandes quando acabar essa paixão “besta” de torcedores nordestinos e nortistas pelos clubes do sudeste pois cada produto oficial que é vendido aqui gera lucro para os times do sudeste. Nós precisamos torcer e comprar produtos dos times da nossa região e assim fortalecer os nossos clubes financeiramente e assim se tornarem grandes.
      Sampaio minha paixão.

  29. Presidente, vamos focar na estrutura. Não precisamos ter essa obsessão por Série A de imediato, com mais estrutura é mais fácil alcançar a elite, então, sou do tipo que pensa primeiro na reestruturação do clube ( melhorias no Ct, apoio a base, facilidades para os clientes adquirem produtos,etc). Isso não é pensar pequeno, mas projetar algo maior em um futuro breve.

  30. Presidente Sergio Frota, eu confio em você e sei que vai trazer jogadores de bom nível para o Sampaio. Vamos em frente com o seu trabalho.

  31. Frota só relembro a vc que o Sampaio desde a série D manteve a base do time no ano posterior…..espero que esteja pensando nisso….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *