Tuba Chip

Superioridade

Sampaio domina o jogo e vence o Floresta no Castelão

Superioridade
Gabriel Poveda marcou duas vezes na vitória Tricolor sobre o Floresta (Foto: Ronald Felipe)

Em partida disputada na noite deste domingo, no Estádio Castelão, o Sampaio Corrêa venceu o Floresta-CE por 3×0 e se manteve no G4 do Grupo A da Copa do Nordeste.

A vitória Tricolor começou a ser construída no primeiro tempo, com pênati convertido por Gabriel Poveda. Na etapa final, o camisa 9 da Bolívia marcou novamente, em outra penalidade, e Eron fechou a contagem.

O JOGO

O Sampaio tomou a iniciativa em campo, e Soares colocou logo o goleiro para trabalhar. Na sequência, a Bolívia conseguiu abrir o placar, após Pimentinha sofrer pênalti aos três minutos. Poveda cobrou e fez o 1×0 no Castelão.

Em desvantagem, o adversário tentou se articular em campo, mas a equipe Tricolor bloqueava as ações ofensivas e tentava avançar para aumentar o placar.

Aos 26 minutos, os visitantes assustaram com uma cabeçada perigosa, mas Gabriel Batista defendeu em dois tempos.

O Sampaio administrava o jogo, e quase aumenta no fim da primeira etapa. Eron recebeu passe de Maurício e finalizou, mas o goleiro do Floresta salvou.

O segundo tempo teve início com a Bolívia em busca do segundo gol. Eron finalizou e a bola desviou na defesa, indo com perigo para escanteio. A equipe do Floresta ficou encurralada no campo de defesa, com poucas escapadas para o ataque.

 A pressão Tricolor surtiu efeito aos 10 minutos. Gabriel Poveda foi derrubado dentro da área e a arbitragem marcou a penalidade. O próprio camisa 9 bateu e converteu.

A ampla vantagem não arrefeceu o ímpeto boliviano, que partiu pra cima em busca do terceiro gol. Eron queria o dele, arriscou um chute que passou perto da trave, e depois aproveitou cruzamento de Van para cabecear no fundo da rede.

O confronto já estava definido, mas o Sampaio não tirava o pé do acelerador, e quase marca o quarto gol. Eron tentou duas vezes, e Wendson chutou raspando a trave. Foi por pouco.

Vitória com autoridade, que levou a Bolívia Querida para o terceiro lugar do Grupo A com 7 pontos ganhos.

O Sampaio Corrêa volta a campo na próxima quinta-feira, às 21h30, para enfrentar o Bahia, na Fonte Nova, em jogo adiado da primeira rodada da Copa do Nordeste.

Ficha Tricolor

Gabriel Batista, Maurício (Van), Nilson Jr, Joécio e João Victor; Wesley Dias (Eloir), Ferreira e Soares (Wendson); Eron, Pimentinha e Gabriel Poveda (Gabriel Popó).

37 respostas

  1. Meu compadre Rossini, reclamar de uma média de público de 6 mil pagantes por jogo aqui nessa cidade pobre?
    Além de muitos outros problemas, lembre que o nosso maior rival, nos últimos 10 – 12 anos está praticamente fora do cenário nacional e, vem lutando pra não sucumbir. Sem ele, o torcedor boliviano não encontra estimulo para frequentar os estádios.
    Onde não há rivalidade, não existe um futebol participativo.
    Você parece ser uma pessoa madura e preparada, e há de entender e concordar que essa é uma das razões, talvez a maior de todas.

    E VIVA O FUTEBOL,
    VIVA A BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA

  2. Observando as críticas, os que mais reclamam da ausência do publico, não residem mais aqui em São Luís.
    Não seria uma grande iniciativa para melhorar esse público, vocês voltarem a morar aqui na ilha?
    Lembrem que esse bom momento a qual se referem, era quando vocês moravam aqui, frequentavam os estádios e ajudavam bastante a termos um grande público.

    JUNTOS FORTALECEREMOS AINDA MAIS A BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA.

    1. Eu sou vou voltar morar em São Luis, em 2023, por conta de um mestrado em filosofia que estou fazendo. Entretanto, minha família mora em São Luis, e meu filho vai ao Castelão em todos os jogos do Sampaio. Então, J.Araújo, me desculpe mas, a sua observação é sem pé e cabeça…. Mesmo quando estava em São Luis, eu chamava a atenção para a ausência do Público, inclusive em 2015, quando o Sampaio estava fazendo uma ótima campanha, a média de público pagante não ia além de 6 mil.

  3. Boa noite Bolivianos (as). Estou comentando aqui pela primeira vez mais olho frequentemente o site. É sabido que atualmente há dificuldade financeira em nossa sociedade e que assistir um jogo de futebol há um custo. Porém a redução da presença de público nos jogos do Sampaio foi drástica, o que traz uma certa preocupação. Vimos dias atrás um jogo do campeonato carioca no Castelão que deu um público razoável mesmo em tempos de pandemia e com todas as dificuldades financeiras. Me traz a impressão de que aqueles maranhenses que torcem para os times do Rio se esforçam mais para comparecer ao estádio se comparado aos torcedores maranhenses da Bolívia e conseguem dar um jeito mesmo na crise financeira que passamos (isso justifica a cobrança pela maior presença de torcedor). Eu pessoalmente faço um esforço de ajudar pelo menos com o sócio torcedor, já que não moro na Ilha, não posso colaborar com o ingresso e ir pelo menos em algumas partidas (não sou hipócrita de dizer que daria para ir a todas as partidas pagando ingresso pq tenho família, mais também não vou dizer que se morasse em São Luís não iria para nenhuma partida). Aliás, para quem mora na Ilha o sócio torcedor é muita vantagem, pois dá acesso ao estádio e você economiza bastante com os ingressos. Já para o Sampaio é também muita vantagem, pois o valor é contabilizado na arrecadação mensal em que é possível para os dirigentes prever para onde vai ser direcionado. Então o sócio torcedor tem uma relação ótima de custo benefício, não pesando tanto no orçamento familiar, além de possibilitar de ajudar nossa Bolívia Querida.

  4. Talvez uma intensa propaganda nas rádios e TV, chamando o torcedor a frequentar os jogos do Sampaio nos estádios de futebol, renovasse o interesse do torcedor boliviano. Talvez algumas promoções ou sorteios durante o jogo tipo, almoço para 2 pessoas numa churrascaria, TV de 32 polegadas, ganhar uma camisa do Sampaio, etc. São sugestões que poderiam chamar de volta o torcedor.

  5. Esses torcedores chatos afastam o torcedor do estádio e até do site. Não vou mais comentar e nem vou ao estádio, vou acompanhar só pelo rádio e televisão, menos um no Castelão.

    1. Siga em paz caminhoneiro. Essa é uma praça democrática onde todos têm voz e vez….. Agora se falar verdade incomoda, é porque a carapuça serviu…..

  6. O presidente Sérgio Frota mudou a cara do Sampaio. Quando assumiu o Sampaio não tinha sede nem série, era saco de pancada. Hoje, bem ou mal o time criou visibilidade, é respeitado, e conseguiu voltar para a Série B depois de um jejum de muitos anos. Só, que nesse começo o torcedor era participativo. Hoje não é mais, e ficar arrotando que na época tal, contra a Francana, colocamos 60 mil…. Isso passou, agora a situação mudou radicalmente, o torcedor simplesmente abandonou o time. De boca pode até ser que o Sampaio tenha a maior torcida do Estado do Maranhão, mas, se for a nível de torcedor no estádio, aí, certamente não é. Por que o Sérgio Frota está deixando a direção do clube? Por que já percebeu nesses anos á frente do Sampaio, que está remando contra a maré, que está sozinho nesse barco, que vai ficar certamente á deriva, quando ele não for mais presidente do time. Não conheço o Senhor Rossini, mas, concordo literalmente com ele. Ele e alguns poucos aqui, são torcedores lúcidos, outros, com todo respeito, são visionários, sonhadores. Não se faz futebol sem investimentos, sem dinheiro. Eu já li aqui nessa página uma bobagem sem tamanho, o cidadão dizer que renda não ajuda o time. Pelo amor de Deus! Só de renda ano passado o time do Fortaleza arrecadou mais de 14 milhões de reais em plena pandemia, sem falar nos milhares sócios torcedores. Eu não quero nem pensar o que vai ser desse time quando o SERGIO FROTA não estive MAIS na direção do Clube. Vai ser um pesadelo sem precedentes. É só olhar situação dos times maranhenses: Moto, Mac, Imperatriz. Só estão a capa do Batman. Times falidos, e o pior de tudo sem perspectiva alguma de melhora.

  7. Vocês que vivem criticando a torcida no estádio, deveriam voltar a residir aqui em São Luís. Com vocês, familiares e amigos, certamente o público iria melhorar consideravelmente.

    SEMPRE PRESENTE COM A BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA

  8. Nossa torcida está assim agora,mas nem sempre foi fraca em relação a público.Temos o segundo maior público de todo o nordeste só perdendo para bahia x fluminense,naquele jogo contra o santos pela comebol que passou de 90.000 pessoas.Em 2013 na série C tivemos bons públicos e em 2014 e 2015 também.Essa maré começou em ritmo acelerado de uns 4 anos para cá e realmente é preocupante.Não há possibilidade de exigências com essas rendas nem com a quantidade de sócios,isso é óbvio.Mesmo assim estamos sobrevivendo neste acirrado futebol brasileiro.

        1. Foram torcedores que se habituaram a não querer comprar o ingresso. Sérgio Frota já colocou 1kg de alimento + 10 reais, e mesmos assim o público não era substancial. Era melhor, obviamente.

      1. Velho hoje nao iria 10.000.Poderia citar vários públicos com mais de 30.000,inclusive no maranhense de 98 com mais de 70.000 entre Sampaiox Moto,onde o Sampaio é disparado em torcida.Nossa torcida parou no tempo e vamos torcer para reciperarmos o tempo perdido.

      2. E isso importa? O importante foi a presença do público, e contra o Francana tinha 65.000. A torcida se afastou, alguma coisa aconteceu, porque não fazem estudos pra tentar achar o motivo e buscar soluções.

  9. Queria só lembrar que o Sampaio foi campeão da copa do Nordeste em cima do Bahia na Bahia é o Ceará perdeu a copa para o Bahia em Fortaleza. Já pensou se o Sampaio com essa tradição fosse um time cearense?

  10. Boa noite torcedor boliviano! Presidente, vc é um herói, eu temo pelo dia que vc deixar a agremiação do Sampaio. Sinto muito, de todo coração. Sou maranhense mas moro em Fortaleza a muito tempo. Tenho dois amores, Sampaio e Ferroviário. Agora veja a diferença , o Ferrão jogando numa terça feira as 15:30 h contra um time do interior pelo campeonato cearense da um público maior do que esse do Sampaio. Concordo com o Rossine ,o Time não merece a torcida que tem. Os desportistas daqui valorizam mais o Sampaio do que os pseudos torcedores daí. Quando passo vestido com minha camisa sempre ouço ” É aí Bolívia querida “. Fico revoltado , afinal o Sampaio é uma marca importante que só não é reconhecido pela torcida maranhense.

    1. Verdade Zé Neto. Torcedor aqui é uma vergonha. 748 pagantes com 6 mil de renda só pode ser deboche. Isso é muito pouco para um time que se diz ter a maior torcida do Estado do Maranhão. Lamentável.

    2. Torcedor a fuga dos estádios pela nossa torcida não podemos justificar como sendo abandono mas acredito serem frutos da situação econômica de cada um. Para se deslocar aí estádio não precisa ser só torcedor, entra nessa engrenagem o custo do deslocamento ida e volta, a alimentação do dia ou antes cuja situação remete a uma realidade de muitos onde desde a mesa do café da manhã é vazia as vezes vc olha para sua família triste logo ao acordar e isso reflete numa tristeza muito grande na hora do almoço a mesma situação ocorre e que alegria vc se dispõe para ir ver seu time jogar.
      Para sermos mais críticos e coerentes se coloque no lugar dessas famílias e ao final busque o motivo de vc não se dispõe a ir ao estádio.

      1. Pelo teu comentário a situação econômica só afetou os torcedores do Sampaio Correa no Maranhão. Porque no jogo entre Botafogo X Vasco, deu mais de 9 mil torcedores, contra 890 de Sampaio x Náutico.

  11. Parabéns minha Bolívia Querida, lamentável a torcida modinha, não aceito nenhum comentário contra qualquer pessoa do Sampaio Corrêa principalmente se for o nosso Presidente Sérgio Frota.

  12. O time atitude, se impôs diante do adversário, os gols foram saindo naturalmente. Pimentinha ainda é o diferencial. Espero que contra o Bahia tenha a mesma atitude de hoje.

    1. Discordo parceiro. Não existe essa de pessimista. O cara comenta com muita convicção e eu concordo com ele plenamente. Concordo tanto no quesito torcedor, quando ele faz críticas, porque ele não está sendo injusto. 748 torcedores num jogo no domingo e um jogo tão importante, é humilhante. E concordo quando ele diz que o time precisa ainda ser observado, porque na realidade ainda esse ano não vencemos um time do mesmo top. Temos alguns bons jogadores, mas, o time ainda está devendo uma sequência de bons jogos e resultados.

  13. Muito bom o resultado o time se impôs diante de um adversário dificil, o Sampaio completo é muito bom, estive no Castelão pra apoiar e gostei do que vi. Vamos virar a chave pro Maranhense, domingo tem o São José.

  14. Parabéns pela vitória, espero que este zagueiro que chegou do flamengo apresente um bom futebol, pois o goleiro que chegou também do flamengo já esta no banco.
    Continuo torcendo.

  15. Valeu pela vitória, pelos 3 pontos, ainda que diante de uma equipe com muitas limitações como é esse time do Floresta. Mas, o Sampaio Correa, não tem nada a ver com isso, e conseguir vencer sem muitas dificuldades. Vamos ver como se comporta diante do Bahia, um time de melhor envergadura técnica. Esse sim, vai ser um teste em potencial para a equipe do Sampaio Correa. Como não é nenhuma novidade/surpresa, o Castelão estava vazio, merecendo até uma nota do comentarista do NordesteFC, que disse: “público pagante de 748 torcedores para uma renda de 6 mil reais. O Presidente Sérgio Frota deve está coçando a cabeça com um público tão pequeno”. E vai ser assim até o final do ano. Até mesmo na Série B não vamos ter um grande público, talvez no jogo contra o Vasco e o Grêmio e só. 6 mil reais não paga as despesas do Castelão. A torcida do Sampaio hoje, cabe em três ônibus. E se for diante de times do interior do Estado pelo Campeonato maranhense, aí só precisa de um ônibus e uma Kombi. Vergonhoso. Time grande, mas, de torcida pequena. Esse time do Sampaio não merece a torcida que tem. Time ainda não passa muita confiança, mas, está na Série B, e dentro de casa deveria ter incentivo de seu torcedor, e não tem.

    1. Verdade meu caro Rossini. Torcida inofensiva. Quanto ao jogo, o time jogou o suficiente para dominar o jogo e vencer. Com o Saldo de gols feito hoje, subiu para o 3º lugar, e se arrancar um empate contra o Bahia, se garante certamente na fase seguinte. Não é só nós torcedores que nos incomodamos com o público de gatos pingados que vai pro Castelão, já está chamando até a atenção da imprensa de outros estados. É difícil fazer futebol em nosso Estado. Graças a Deus o time do Flamengo perdeu… Eu só queria ver a casa dos abestados dos torcedores do Maranhão que trocam o nosso futebol pelo futebol do Rio. Levou taca de novo. Besta!

    2. É companheiro….. Castelão hoje é campo neutro, porque não tem público. Sampaio venceu, ganhou fôlego e tranquilidade para a pedreira de 5ª feira diante do Bahia. Valeu muito esses 3 pontinhos. Time do Floresta até que incomodou no 1º tempo, mas, depois, sentiu o campo pesado, e não teve como reagir diante da melhor envergadura técnica do time do Sampaio.

    3. José Rossini, algumas coisas eu concordo com você, o que eu não concordo são as palavras negativas que saem da tua boca a respeito do Sampaio, você deve ser um cara inteligente, se você não sabe, segundo a palavra de Deus, toda palavra que sai da nossa boca tem poder, por isso não devemos proferir palavras negativas e de pessimismo nem por brincadeira Mesmo que a situação esteja ruim, mas nós temos que ter fé pra acreditar que vai dar certo, espero que você tenha entendido. Deus está com o Sampaio em todos os momentos, sem Deus não somos nada.

      1. Admiro sua fé ECR. E sei que voce é também um torcedor fervoroso do Sampaio Correa, e nesse aspecto, eu tiro o chapéu pra você. Só não acho legal, colocar o nome de Jesus Cristo no futebol. Só devemos invocar o nome do filho de Deus, em momentos que exijam isso. Outro ponto, torço para que o Sampaio esteja sempre no lugar mais alto podium, entretanto, tem um ditado que diz, “que uma andorinha só não faz verão”, para que isso aconteça a torcida tem que apoiar. Antigamente a torcida do Sampaio era tida como patrocinadora, porque ia em peso no Castelão. Eu me lembro que nesse castelão, quando era permitida soltar foguetes, era uma festa da torcida, com muita gente no castelão e o Sampaio nem na Série B estava. Hoje que o time está num patamar melhor não tem o apoio de seu torcedor. Deixam tudo nas costas da Diretoria do Clube.

    4. Já há algum tempo não escrevo uma linha aqui, mas acompanho os comentários e também vejo, com tristeza, o afastamento da torcida do estádio. Sinto saudades do tempo em que os foguetes pipocavam com a entrada gloriosa da nossa Boliviaaaaaa. Meus filhos, a quem eu costumava levar comigo, também falam isso. Os tempos mudaram e os hábitos dos torcedores também. Antigamente a gozação era com a torcida do Bode Gregório que, diziam as más línguas, cabia numa Kombi. Jamais pensei ouvir isso a respeito da torcida do Sampaio. Como diria o Boris Casoy: ISSO É UMA VERGONHA!!’

      1. Pois é meu nobre, mas, alguns acham desagradável se fazer referência ao abandono da torcida, a ausência do torcedor no Castelão. Todos sonham com o acesso do Sampaio para a Série A, mas, isso não só faz só com desejos. Eu quero ganhar na Mega, mas, se eu não jogar…. A mesma coisa. O Sampaio Correa precisa de receitas, e antigamente, refiro-me a fase em que o Sampaio estava lutando depois de muitos anos para retornar a Série B. A torcida ia em peso, e a crise sempre foi a mesma, porque o Estado do Maranhão sempre foi considerado como um dos mais pobres da Federação. Então essa crise é recorrente, não é de agora. Se o Sampaio, ainda que não tenha muitos sócios torcedores, tivesse uma média de público pagante de pelo menos 8 ou 9 mil por jogo, era uma receita muito valiosa. Se o time tivesse patrocinadores fortes, tudo bem, mas, não tem, se restringe as cotas que recebe da Tv pela transmissão e da CBF pela participação na Série B.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.