Sócio UniversoTorcedor

Fim do ciclo

Condé encerra segunda passagem pelo Sampaio com a melhor campanha na Série B

Condé encerrou sua segunda passagem pelo Sampaio na sexta-feira (Foto: Lucas Almeida)

A segunda passagem do técnico Léo Condé chegou ao fim à frente do Sampaio Corrêa. O treinador comandou a equipe Tricolor pela última vez na vitória por 1×0 sobre o Oeste, nessa sexta-feira, 29, no Estádio Castelão.

A decisão de comum acordo ocorreu após uma conversa entre o treinador e o presidente Sergio Frota, que enalteceu o trabalho de toda a comissão técnica: “O Condé sai, mas deixa as portas abertas, mais uma vez. Trata-se de um grande profissional, que fez mais um belo trabalho aqui no Sampaio, junto à sua comissão técnica, e agora vai em busca de um novo desafio. Faz parte do futebol, e a partir de agora vou trabalhar em cima dos nomes para comandar a equipe na próxima temporada”, afirmou.

Frota ressaltou a confiança que demonstrou na comissão técnica durante toda a temporada, mesmo nos momentos turbulentos: “Hoje em dia, é difícil um presidente manter o treinador da forma que mantivemos, com algumas fases bem complicadas na competição, como no início da Série B com quatro derrotas e nas oito partidas que ficamos sem vencer na competição. Uma oscilação que poderia ter mudado o rumo da história”, destacou o presidente, que completou: “Chegamos a ir a campo, em algumas partidas, com sete desfalques, e isso pesa, principalmente para uma equipe como o Sampaio que tem o menor orçamento do campeonato. Mas, mesmo assim, oferecemos todas as condições ao grupo e atendi a todas as solicitações da comissão técnica e do elenco, até além das nossas possibilidades, inclusive referente à premiação por vitórias e pelo acesso”, pontuou.

Por fim, Frota desejou sorte ao treinador e esclareceu os motivos da saída: “Tivemos uma conversa na quinta-feira, e o lado familiar pesou para o Condé no momento da decisão. Optou em estar mais perto da família, e chegamos a um denominador comum sobre o assunto. Desejo que tenha sorte em sua carreira e nós, aqui no Sampaio, seguiremos com o nosso trabalho para tentar fazer uma temporada 2021 ainda melhor do que esta última”, afirmou o presidente boliviano.  

7 respostas

  1. Eu não entendo porque não liberaram pelo o menos 30% dos estádios de futebol,para o torcedor, assistir e os clubes ter mais uma renda,no meu ponto de vista não tinha nada haver com está pandemia que é mais política,

  2. Presidente Frota parabéns pelo os seus esclarecimentos! Verdades!!! O Condé teve uma oportunidade que muito treinador não tiveram, só você manter ele em 8 oito rodada sem vencer não é qualquer um presidente. Então presidente você tem o nosso apoio!!! Contrate o Roberto Fonseca que vamos subir pra série A! Sempre Sampaio Correa fc!

  3. O certo era manutenção do treinador e manter a base da temporada passada, para isso é necessário um número razoável de sócios torcedores entre 15.000 a 30.000 sócios . Assim será possível montar um time competido que possa brigar por títulos(copa do Nordeste e serie B), já que o campeonato maranhense é obrigação. Caso mantenha o mesmo número de sócios(menos de mil) vai brigar pela permanência na série B.

  4. Uma pena mas vida que segue. O ideal seria a permanência do treinador e a continuidade do trabalho. Mas temos certeza de que este ano será bem melhor principalmente se até junho tivermos o estadio liberado pra receber o torcedor.
    Boa sorte ao professor e muito sucesso.

    1. Bem melhor! Pra isso teríamos que renovar com o melhor desse elenco e trazer mais jogadores de qualidade, e pode ter certeza que isso não vai acontecer. Se não pode manter como vai trazer jogadores melhores ou iguais a esse? Raciocina meu garoto. Esse vai ser um ano turbulento pro Sampaio, principalmente se o torcedor continuar longe do Estádio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *