Sócio UniversoTorcedor

Conversa franca

Presidente reúne grupo e trata assuntos pertinentes da luta pelo acesso

Presidente reuniu o grupo para reafirmar compromissos e traçar planos pelo acesso

Na reta decisiva do Campeonato Brasileiro da Série C, o Sampaio Corrêa se cerca de todos os cuidados para estar unido, seguir forte rumo à classificação e, consequentemente, ao acesso.

Presidente reuniu o grupo para reafirmar compromissos e traçar planos pelo acesso

Sempre atento a tudo que envolve o clube, o presidente Sergio Frota reuniu o grupo, no fim do treino desta sexta-feira, para ratificar a sua confiança em todos, falar sobre salários, premiações e outras pautadas do cotidiano.

Com uma folha em atraso, Frota garantiu que o problema não se alastrará por muito mais tempo, pois tem algumas alternativas engatilhadas para equalizar as finanças. Suporte financeiro que dará tranquilidade à equipe neste momento importante da competição.

“Pagar os salários em dia é uma obrigação, embora a realidade do futebol brasileiro, principalmente o maranhense, nem sempre, permitam cumprir fielmente esse comprometimento. Mas, estou trabalhando por todos os caminhos para quitar duas folhas e dar tranquilidade aos nossos jogadores, que são pais de família e têm suas obrigações”, destacou o presidente Tricolor.

Durante a conversa, Sergio Frota ressaltou a qualidade do elenco, tratou sobre premiação em caso de acesso e pediu foco para que os objetivos sejam alcançados: “Tenho certeza que esse grupo, com mais algumas peças, pode tranquilamente disputar uma Série B. É um elenco qualificado e, principalmente, muito comprometido. Estipulamos um valor em caso de acesso e contamos, como sempre, com a ajuda do nosso torcedor para manter essa corrente forte”, finalizou.

No jogo deste domingo, contra o Cuiabá, o presidente Boliviano estará mais uma vez acompanhando a delegação, torcendo de perto por mais um resultado positivo da Bolívia Querida longe de casa.

14 respostas

  1. O QUE MAIS GOSTEI NESSA REPORTAGEM FOI DA CONSCIÊNCIA DO PRESIDENTE QUE ESTE GRUPO É QUALIFICADO PARA JOGAR UMA SERIE B, OU ATÉ MESMO NOVAMENTE A SERIE C ANO QUE VEM. ESPERO MUITO ISSO POR PARTE DO PRESIDENTE.

  2. E se fizéssemos de conta que o ingresso custasse CINCO REAIS a mais, e depositasse em uma ou mais caixas de coleta espalhadas para ratear entre os atletas?

  3. PREOCUPANTE, também, é saber até quando esse “cabo-de-aço”, chamado SUPERFROTA, resistirá???
    um forte abraço,
    GRAN-PRESIDA!!

    ismar!!!

  4. Na verdade, o torcedor é que sabe o que deseja do seu Clube. Se não ajuda, NÃO pode exigir que o mesmo seja: Tão importante qto o ÚLTIMO BISCOITO DO PACOTE. É ISSO É. ..”AI E UI”! como diz CSAID! !
    ismar

    1. Pois é meu caro Ismar. Não foi uma nem cem as vezes que chamei a atenção da torcida, conclamando a todos a apoiarem o time em seus jogos em casa. Infelizmente o futebol do Maranhão além de todos problemas estruturais e financeiros, os Clubes não têm apoio do torcedor. Nem Sampaio, Nem o Mac e nem Moto. infelizmente o torcedor maranhense abandonou seus clube.
      Os resultados de ontem foram bons para o Sampaio, pois o Confiança não venceu, o fortaleza também não. Uma vitória do Sampaio seria magnífica, ou até mesmo o empate. Vamos torcer pela vitória, em que pese o time ir com alguns desfalques para esse jogo.

      1. O problema de torcedor, torcida no Sampaio é visível, pois esse sumiço da Tubarões evidencia isso. Acho que, se não é o caso da torcida organizada deixar de existir, nada justifica que ela deixe de apoiar, estar na torcida pelo time. Até porque o Sampaio reconhece que é forte por causa da torcida.

  5. Muito louvável esse ato do presidente, dndo a cara para bater,assumindo com o elenco o atraso de salarios bem como se comprometer ,assim que possivel regularizar de vez a folha do clube e ainda prometer uma gratificação pelo acesso, com isso com certeza os atletas se sentem bem seguro e confiante no presidente e nós torcedores temos obrigação de dar nossa participação, comparecendo em massa nessa reta final,não tem motivo nossa torcida de não se fazer presente nos jogos, em um campeonato dificil, com times participantes com poder aquisitivo superior ao sampaio,com apoio de torcida e inicitaiva privada o que não é o nosso caso, pois só conta com o empenho do He-man Frota!

  6. Não custava nada o torcedor ajudar. Acho que torcedor é aquele que torce, e isso independe do time para o qual torce está bem ou mal. Ah! E acho que quando o time está mal aí é que o torcedor deve torcer. Em comentário anterior alguém pergunta sobre a Tubarões. Também me questionei sobre o seu sumiço. Mas independente de qualquer coisa torcida é torcida e precisa está na torcida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *