Se inscreva em nosso canal: www.youtube.com/TVSampaio

Coisas do futebol

Sampaio pressiona o jogo inteiro, mas vê título escapar nos pênaltis

Coisas do futebol
Tricolor pressionou bastante e viu título escapar nos pênaltis (Foto: Ronald Felipe)

Após pressionar o Maranhão em praticamente toda a partida e desperdiçar muitas chances de gol, o Sampaio Corrêa viu o título do primeiro turno escapar nas cobranças de pênaltis.

O JOGO

O Sampaio assumiu as ações em campo desde os minutos iniciais, sem deixar o adversário articular jogadas ofensivas.

Aos nove minutos, Matheus Martins experimentou de fora da área, e a bola passou por cima do travessão. Em nova investida pela esquerda, o camisa 7 Tricolor chutou rasteiro, mas o goleiro do MAC salvou.

Em rara ação ofensiva, o Maranhão avançou pela esquerda, mas Luiz Daniel estava atento para defender.

A Bolívia seguia com mais volume de jogo, pressionando o adversário, e quase abre o marcador aos 41 minutos. Pimentinha bateu escanteio e Vinícius Alves desviou de cabeça perigosamente para defesa do goleiro, que espalmou para escanteio.

Apesar do domínio total no primeiro tempo, o Sampaio não conseguiu furar a defesa maqueana e o placar ficou em branco no Castelão.

O panorama não se modificou na etapa final. O Sampaio seguia com o controle do jogo, enquanto o adversário esperava uma oportunidade para armar o contra-ataque.

Em cobrança de falta da entrada da área, Nadson bateu por cima do travessão. Instantes depois, Rafael Vila recebeu livre e finalizou, mas o goleiro do Maranhão operou o milagre.

Warley cobrou falta na área, Joécio ajeitou de cabeça e Maurício mandou pra fora. Foi por pouco.

Nos minutos finais, o MAC ainda arriscou algumas jogadas de ataque, sem conseguir superar a defesa Tricolor. O árbitro encerrou o jogo e o título foi definido nas cobranças de pênaltis.

Eloir e Pimentinha marcaram as duas primeiras batidas, enquanto Warley e Maurício desperdiçaram na sequência. O MAC aproveitou as quatro penalidades.

O Sampaio Corrêa já volta a campo nesta quarta-feira para enfrentar o São José, em confronto que abre o segundo do turno do Campeonato Maranhense.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Mateus Ludke (Yann), Joécio, Allan Godoi e Vitinho; Emerson Sousa (Warley), Nadson (Maurício) e Rafael Vila (Eloir); Matheus Martins (Gabriel Silva), Pimentinha e Vinícius Alves.

Se inscreva no Youtube do Sampaio Corrêa

11 respostas

  1. É verdade que poveda faz falta, mas é muito importante dar moral para quem tá no clube, quem já saiu não vai resolver nada. Já imaginaram se pudéssemos ter um time com poveda, Luís Otávio, Fernando sobral, Marlon, Matheusinho, Marlon lateral esquerdo, Wellington Rato e tantos outros que passaram por aqui. O Sampaio sempre encontra bona jogadores e esses que estão aí precisam de apoio.

  2. Essa vantagem de só mando de campo pra quem faz mais pontos no geral, não adianta nada. É muito pouco pro time se matar de pontuar e na hora da decisão não influi em nada.

  3. Fica a lição sobre o regulamento do Camp. Maranhense. Tem que coroar o trabalho do clube com mais pontos, mais vitórias, o Sampaio perdeu nos penaltis e para o regulamento. Como explicar que o campeão teve menos pontos e vitória? Como explicar que a partida decisiva vá para os penaltis, se o Mac tinha menos pontos e estava atras do Sampaio no cômputo geral do 1º turno?

  4. Com relação ao maranhense não tenho nenhuma dúvida de que seremos campeões o problema é que teremos que melhorar muito de quisermos subir para a A. Ontem Juazeiro, com manso de campo do Barbalha contra o Fortaleza o público foi de 4.650 pessoas.

    1. Pelo que venho vendo ao longo desses anos o campeonato maranhense é um laboratório para ver que jogador pode ser aproveitado para a série B. Com certeza ainda chegarão outros jogadores depois do término dos regionais. VUMBORA SAMPAIO !!!

  5. Falta nesse time um cara que saiba fazer gol, não adianta dominar o jogo e desperdiçar tantas oportunidades. Nas finais tem que entrar com força maxima, não adianta querer inventar, a soberba só atrapalha, o jogo é jogado.

  6. Óbvio que nem tudo está perdido, pela estrutura do time do Sampaio Correa, e que derrota acontecem… mas perdemos para um time caseiro, mais para amador que para profissional… Continuo dizendo: que falta está fazendo o Poveda! Não gosto de fazer comparações, a diferença é grande. Destaque para o goleiro Moisés, que não decepcionou quando estava no Sampaio Correa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *