Sócio UniversoTorcedor

Boa evolução

Tote mostra boa recuperação e pode retornar antes do previsto

Tote correu em volta ao campo

Afastado do time Tricolor desde as finais do campeonato maranhense, o lateral direito Tote está em fase final de recuperação da lesão sofrida na coxa direita.

Tote correu em volta ao campo
Tote correu em volta ao campo

Na manhã desta sexta-feira, o jogador correu em volta ao campo do CT José Carlos Macieira, demonstrando uma melhora considerável em seu quadro clínico, podendo até abreviar o tempo para voltar a jogar pelo Sampaio, que, inicialmente, seria somente após a Copa do Mundo.

Tote sofreu uma lesão grau três na coxa direita, seis centímetros no reto femural, que é o músculo do chute, considerada uma das mais graves contusões musculares.

Na segunda-feira, o lateral fará um exame de ultrassom para acompanhar a cicatrização da lesão. Dependendo do resultado, o atleta poderá ser liberado para os trabalhos de transição do departamento Médico para o campo.

“Não sinto mais dores, o que é um bom sinal. Venho fazendo trabalho de fortalecimento muscular na academia e correndo no campo para ir readquirindo a forma física. Espero logo estar à disposição do treinador e poder voltar a jogar o mais breve possível”, declarou o jogador, esperançoso.

22 respostas

  1. Quando vão dá oportunidade para o goleiro Luiz Muller?
    Contratar o melhor goleiro do campeonato gaúcho que tem o grêmio e Internacional pra ficar no banco, não dá pra entender. Eu gosto muito do Rodrigo Ramos, ele sempre sera o paredão, mas está cometendo cada vacilo, é hora de pegar um pouco de banco para refletir sobre os erros. Arlindo pegou banco e isso não mudou em nada a consideração que a torcida tem por ele, é ídolo também.
    Vale lembrar que o Luiz Muller é bem mais alto e rápido. só acho.

    1. Peter,
      A última informação que nos chegou é que o Jonas está fazendo exames mais apurados para mapear o tipo e extensão da sua lesão. Assim que tivermos mais informações divulgares aqui no site.

  2. TENHAM FÉ, QUE O NOSSO CABRITO SALTITANTE, made in Altos Piauí, logo, logo vai infernizar os goleiros e zagueiros adversários. Aí é mais um piauiense, sangue bom, Bolivianos. Ah! o outro é o puro-sangue, Jonas, made in Teresina, tb no Piauí!!!!

  3. TOMARA QUE ELE VOTE LOGO A JOGAR E GANHE RITMO DE JOGO ESTAMOS PRECISANDO DE RECOMPOR A LATERAL DIREITA , PRINCIPALMENTE NO APOIO O TOTE FAZ BEM SUA FUNÇÃO E ALÉM DISSO SAI MUITO PRO ATAQUE E CHUTA BEM , AGORA FALTA O MIMICA SE RECUPERAR OUTRO JOGADOR QUE É IMPORTANTE PARA O SAMPAIO.

  4. Ele viu que Hiltinho entrou bem, e tratou logo de ficar de pé! kkkk brincadeirinha! VOLTE LOGO, CONTERRÂNEO! Faz falta pra caramba, estamos sem batedor de faltas, qnd retornar é só esperar pra gritar gol!

  5. Inadmissível como um time como o sampaio correa não sabe chegar na linha de fundo e fazer aquele cruzamento auto pra grande área do time adversario. Parece que os caras não tem força nas pernas. Valdir sabe fazer isso. Esse tal de pimentinha é só correria, driblar e ser fominha, só isso que ele sabe fazer. Tem que por ele no banco e fazer um treinamento com ele pra aprender cruzar bola na área adversária.

  6. Não vejo a hora de o nosso grande cabrito Tote voltar a campo. Quando ele estiver em condições e com bom ritmo de jogo ninguém vai segurar o TUBARÃO!!! Pra cima deles, PAIOOOOOOOOOOOOOOOO!!!

  7. CARO TOTE, VOCÊ EH UMAS PEÇA FUNDAMENTAL NO ELENCO DO SAMPAIO SE DEUS QUISER VC JÁJÁ ESTARA DE VOLTA DANDO MUITA ALEGRIA A NÓS TORCEDORES, PARABENS AI9 PELA BELISSIMA RECUPERAÇÃO.

  8. 3. PROCESSO Nº 041/2014 – Jogo: Paraná Clube (PR) X São
    Bernardo FC (SP) – categoria profissional, realizado em 10 de
    abril de 2014 – Copa do Brasil – Denunciado: Marino da Silva,
    atleta do São Bernardo FC, incurso no art. 254-A, do CBJD; Paraná Clube, entidade de prática desportiva, incursa no art. 243-G, §2º do CBJD. AUDITOR RELATOR DR. LUCAS ASFOR.
    RESULTADO: “Por unanimidade de votos, suspender por 02 (duas) partidas o atleta Marino da Silva, do São Bernardo FC, por infração ao art. 250, face à desclassificação do art. 254-A, ambos do CBJD, divergindo quanto à dosimetria o Dr. Felipe Bevilacqua que o suspendia por 01 partida; por unanimidade de votos, multar em R$ 30.000,00 (trinta mil reais) o Paraná Clube, por infração ao art. 243-G, §2º do CBJD, divergindo apenas quanto à dosimetria o Dr. Felipe Bevilacqua que punia também em 01 partida de perda de mando de campo, aplicando o §3º do referido artigo. Devendo ser comprovado nos autos, no prazo de 07 (sete) dias o cumprimento da obrigação pecuniária, sob pena do art. 223 do CBJD”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *