Sócio UniversoTorcedor

Velho conhecido

Marlon vai enfrentar o ex-clube e quer o Sampaio ligado durante os 90 minutos

Marlon quer o Sampaio jogando de igual para igual contra o ASA (Foto: Elias Auê)

A delegação do Sampaio Corrêa seguiu viagem para Alagoas na manhã desta sexta-feira, onde, no domingo, enfrenta o ASA pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro da Série C.

Marlon quer o Sampaio jogando de igual para igual contra o ASA (Foto: Elias Auê)

Hoje, defendendo a equipe Tricolor, Marlon teve uma passagem pelo adversário, entre 2014 e 2015, e ressalta os cuidados a serem tomados para sair do Fumerão com um bom resultado: “O ASA é um time muito difícil de ser batido quando joga em casa, perde pouco lá. Sabem aproveitar o fator campo e é uma equipe que se posta bem. Temos que ter atenção total porque é um jogo complicado”, alertou o meia boliviano.

Apesar das adversidades previstas, Marlon não pensa em se intimidar, e quer o Sampaio jogando de igual pra igual contra o adversário: “Temos ciência de todas as dificuldades, mas precisamos nos impor também e equilibrar as ações. Vamos jogar para pontuar”, afirmou.

A delegação Tricolor chega a Arapiraca no meio da tarde desta sexta-feira, e não fará nenhuma atividade hoje. Apenas repouso. O apronto final ocorre no sábado, às 15h30, no estádio Fumerão, local da partida.

16 respostas

  1. ADVERSÁRIO JÁ CONHECIDO. Porém, costuma dificultar as coisas, principalmente em seus domínios. QUANTO à nossa BOLÍVIA, esperamos que o neo-filósofo, depois de mais uma semana, tenha incutido, na cabeça de seus comandados, o seu vasto conhecimento técnico tático que a “peleja” requer.
    VAMOS EM FRENTE!!!
    ismar!!!

  2. Assessoria tem alguma possibilidade de Daniel Barros e Alex Sanches voltarem para decisão do campeonato maranhense? Como está a situação deles?
    Alguma perspectiva para mais alguma contratação?

  3. Hoje a técnica corresponde apenas por 20% do futebol, a garra e a vontade predominam nos outros 80%. Se o Sampaio entrar em campo como entrou na primeira etapa do jogo contra o CSA, infelizmente vai perder todas as partidas, ou seja, além de trocar peças, o que tem que ser trocado primeiro é à atitude, se não mudar a vaca vai para o brejo cedinho.

    1. 20%? Desculpa ai fera nao concordo,sei q o futebol evoluiu muito fisicamente,mas a tecnica é quem manda no jogo..nao adianta vc ter só força e pouca qualidade…

      1. Shark, até entendi o que o Juan falou, só acho que ele errou nos percentuais, pois, como você falou, que a parte física evoluiu bastante. Hoje vemos um futebol mais corrido, pegado e com os espaços cada vez menor. Resumo, Nada adianta ter TÉCNICA e PREPARAÇÃO FÍSICA se a mente não funcionar, portando, o atleta precisa saber aplicar sua inteligência dentro das quatro linhas. Precisa saber usar suas habilidades e força no momento certo. (inteligência / habilidade/ Força).

  4. Vamos Bolivia pra cima deles !!!!! Vomos a tocida está do lado do nosso presidente e do nosso time!!!!!!!!!!!VAMOS PAIOOOOOOOOOOOOo

  5. Saindo com um ponto de lá, já estou satisfeito, desde, claro, que no jogo contra o Cuiabá faça o dever de casa. A diferença do time do ASA para o Sampaio, é que, enquanto o time alagoano não perde dentro de seus domínios desde 2015, o Sampaio vem perdendo sucessivas partidas no Castelão, e precisa começar também a se impor em seus domínios. Em 2015, todo time que vinha jogar contra o Sampaio já falava das dificuldades de enfrentar a bolívia, hoje, perderam o respeito e jogam como se estivessem em casa. Está mais do que na hora do Castelão voltar a ser um Caldeirão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *