Tuba Chip

Jogo de detalhes

Sampaio luta muito, tem pênalti não marcado e perde duelo na Fonte Nova

Jogo de detalhes
Bahia e Sampaio travaram um jogo muito disputado na Fonte Nova (Foto: Ronald Felipe)

Em partida muito disputada na Arena Fonte Nova, na noite desta terça-feira, o Sampaio Corrêa criou chances, lutou muito, teve pênalti não marcado, e perdeu para o Bahia pelo placar de 1×0.

O gol dos donos da casa foi marcado aos 45 minutos do primeiro tempo, em lance de muita confusão dentro da área. O resultado deixou a Bolívia com quatro pontos, na nona colocação.

O JOGO 

Movimentos iniciais foram dos donos da casa, que tentaram colocar pressão, mas não conseguiam violar a defesa Tricolor, que se postava bem em campo.

Aos poucos, a Bolívia foi equilibrando as ações, e Mateusinho acertou uma finalização de perna esquerda, que passou por cima do travessão.

Maurício experimentou o goleiro do Bahia com um chute forte da entrada da área. A defesa foi feita em dois tempos.

Com a marcação encaixada, o Sampaio controlava o jogo e chegava com perigo ao ataque. Mateusinho avançou pela direita e cruzou para Eron, que finalizou rente à trave de letra. Passou perto.

O Bahia tentou marcar aos 34 minutos, com um chute rasteiro, defendido sem rebote por Luiz Daniel.

Aos 40 minutos, Mateusinho aproveitou a falha da defesa e bateu rasteiro, o goleiro defendeu com a perna em escanteio.

Em lance confuso dentro da área boliviana, o Bahia conseguiu marcar o gol e seguiu em vantagem para o vestiário.

O Bahia voltou para a etapa final com mais ímpeto ofensivo, mas as finalizações que tentou foram para fora.

Aos 13 minutos, Eron sofreu carga faltosa dentro da área, mas a arbitragem ignorou o lance e o VAR não chamou para revisão.

Com o cronômetro como adversário, o Sampaio Corrêa arriscou tudo, batalhou até o fim para sair de campo com um ponto, mas a partida foi encerrada com resultado positivo para os donos da casa.

O próximo adversário do Sampaio Corrêa será o Operário-PR, neste sábado, em confronto no Estádio Castelão, às 16h30.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Thiago Ennes (Soares), Joécio©, Nilson Jr e Lucas Hipólito; André Luiz, Maurício, Rafael Vila (Poveda) e Renatinho (Pionteck); Mateusinho e Eron (Rafael Costa).

20 respostas

  1. É certo que estão metendo a mão no Sampaio na cara dura, mais tem hora que o time todo do Sampaio tem que se impor e partir p cima do juiz, no penalt em cima do Eron se o jogador cair no chão e fica alguns minutos e os jogadores vão em cima do juiz eles ia rever esse lance.
    A jogada foi rápida, ficou por isso mesmo.
    Abre o olho Sampaio!!!!
    Temos que ser espertos também.

  2. Pesquisando o Operário que nesse momento entra em campo para o jogo contra o Grêmio, com ótima presença de público, o time tem 5 mil sócios torcedor…. Que significa e isso? Que o torcedor abraço o time, diferente do torcedor do Sampaio Correa. Outro ponto. O time joga hoje contra o Grêmio, e 3 dias depois em São Luis contra o Sampaio. Então meus amigos todos os times tem maratona de jogos e viagens longas, não é só o time do Sampaio Correa. Como já disseram que o Sampaio caiu de rendimento no segundo tempo contra o Bahia, porque o time está com uma maratona de jogos…. Essa conversa desde de 2020 que leio aqui nessa página.

    1. Falou tudo. Essa questão de maratonas de jogos, todos os times passam pela mesma dificuldade. Claro que os times maiores, tem privilégio nos aviões, pois conseguem pegar voos com menos escalas, conexões etc

  3. Quando o jogo é para o Pimentinha ele não está presente, mas, se não fosse o trapalhada na hora do gol do Bahia, com certeza o resultado seria outro.

  4. Dá penalt ?
    O presidente da CBF, é ex- presidente da Federação Baiana e é porcedor do Bahia, só isso.
    Fui ao jogo com o intuito de pelo menos um empate, mas na realidade foi uma derrota por culpa da quadrilho do apito.

  5. Eu, na minha singela opinião, não acho que o goleiro tenha falhado. Se houve atrapalho, foi do volante, pois, na pequena e na grande área, goleiro que se preza, faz o que ele fez.
    Merecíamos uma melhor sorte.

    JOGO BOM DA BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA.

  6. O time não mostrou a mesma determinação do jogo contra o Brusque. O preocupantes é a sucessão de falhas da defesa dando gols bobos para o adversário. Ontem o choque entre Luis Daniel e André Luis foi terrível. Outra vez a arbitragem faz a diferença em prol do time da casa. Assim fica muito difícil. Só resta ganhar do operário sábado.

  7. Essa vai ser a tônica, querem o Sampaio Correa fora da serie B, os juizes prejudicam deliberadamente a Bolívia. No Castelão pelo menos, vamos tentar vencer pra permanecer na mesma série, acesso é quase impossível com esses roubos. Sempre Sampaio.

  8. Boa atuação e no gol do Bahia o goleiro não deveria ter saído e o resultado justo era um empate e no segundo tempo o time cansou, devido a maratona

  9. Não tem nada de assustador na campanha do Sampaio, por enquanto tá tudo dentro da normalidade, basta ganhar os jogos dentro de casa e continuar tentando pontos fora. Nesse jogo contra o Bahia, o Sampaio foi roubado com um pênalti não marcado em cima de Eron, qualquer falta desse jeito é marcada pelos juízes, quer seja no meio campo ou dentro da área, contra o Sampaio não marca, assim fica muito difícil, mas mesmo assim vamos subir, no nome de Jesus.

    1. Vamos buscar a reabilitação em cima do Operário PR, não tem outra alternativa, é ganhar com saldo de gol pra continuar próximo do G4.

  10. Não gosto de falar sobre arbitragem no Brasil, porque é complicado. Agora, era obrigação do VAR ter sugerido que o árbitro revisasse o lance. Falta grotesca e o VAR deliberadamente deixou de lado. Bem arbitragem a parte, o ponto positivo é que o time não deu vexame. Fez uma partida regular, e só quando tomou o gol é que procurou ser mais efetivo. Sampaio agora terá forçosamente que vencer o Operário, porque senão despenca ainda mais na tabela, volta para a rabeira. Se fizer o dever de casa, não passará sufoco nessa série B. Não acredito em acesso, porque tem equipes que contrataram mais, e devem começar a deslanchar. Se o time vencer seus confrontos no Castelão, permanecerá sem sustos na Série B. Não pode nem empatar com o Operário, tem que vencer para se manter no pelotão de cima. Time sentiu muito a falta do Pimentinha, que se tivesse no jogo, poderia o time ter beliscado um empate. Na minha opinião, fez muita falta. Não gostei do Rafael Costa, muito atrapalhado. Só resta partir pra cima do Operário e faturar os 3 pontos dentro de casa, e se possível por um bom placar para fazer saldo de gol.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.