Sócio UniversoTorcedor

Homenagem

Prédio administrativo do Sampaio recebe o nome do saudoso Batista Oliveira

Os 98 anos do Sampaio Corrêa foram de celebração, mas, também, de lembranças, emoção e reconhecimento ao saudoso Batista Oliveira, diretor financeiro da Bolívia Querida, que partiu para o andar de cima recentemente, mas deixou um legado de muito trabalho e dedicação pelo clube.

“Nada mais justo, afinal, o Batista foi um grande parceiro nesses nossos 14 anos de gestão, e sempre deu sua parcela de contribuição com muito amor pelo Sampaio. Além de tudo, é um amigo de longas datas, e ninguém mais do que ele merece essa homenagem”, destacou o presidente Sergio Frota.

O saudoso Batista Oliveira com o diretor de patrimônio Luís Fernando e o presidente Sergio Frota (Foto: Lucas Almeida)

No prédio administrativo do Sampaio funciona a presidência e vice-presidência do clube, recepção, setor administrativo/financeiro, jurídico, sala da diretoria de patrimônio, além do departamento de comunicação e marketing. O espaço ainda abriga a rouparia e possui quatro banheiros.

Prédio administrativo em dois momentos, antes e depois da reforma

De acordo com o diretor de patrimônio do Sampaio, Luís Fernando Cadilhe, a obra do prédio administrativo, inaugurado em 10/10/2019, teve o custo aproximado de R$ 200,000,00.

“Primeiro, gostaria de dar os parabéns a todo Universo Tricolor pelos 98 anos que o clube completou no último dia 25. Estamos fazendo essa justa homenagem dando o nome do prédio administrativo de João Batista Teixeira Oliveira, que foi um grande companheiro de diretoria durante quase 14 anos, mas que, infelizmente, nos deixou no último mês por conta da Covid-19. Além de grande torcedor boliviano, Batista trabalhou incansavelmente pelo Sampaio durante todos esses anos, e merece demais essa homenagem”, frisou Luís Fernando.

Segundo o diretor de patrimônio, a reforma do prédio era uma necessidade antiga do clube, que precisava se reorganizar de vez internamente, com cada dirigente tendo seu espaço para poder trabalhar no dia a dia da melhor forma.

“Depois de quase dois anos de reforma, já que os recursos não são algo que sobra no clube – o orçamento é apertado, conseguimos finalizar a obra em outubro de 2019, deixando tudo estruturado e pronto pra uso”, destacou Cadilhe.

Luís Fernando aproveitou para ressaltar o papel da gestão do presidente Sérgio Frota, que teve início no ano de 2007, e que o diretor afirma ter orgulho em fazer parte desde então. “Quando assumimos, em 2007, encontramos o clube completamente destruído no patrimônio, muitas dívidas, sem fornecedor de material esportivo, sem credibilidade no cenário local e nacional, sem divisão no futebol nacional e que não ganhava títulos desde 2003. Hoje, podemos dizer que o Sampaio é um clube estruturado no seu patrimônio, com suas dívidas sendo pagas, com fornecedor de material esportivo, credibilidade recuperada, na série B do futebol brasileiro e um clube que não para de conquistar títulos no campo, nas quadras e na areia”, declarou o diretor de patrimônio, que completou: “Costumo dizer que o que se faz no Sampaio nesses anos é um ponto completamente fora da curva no futebol maranhense”.

Estrutura completamente destruída antes da gestão do presidente Sergio Frota
Sala da presidência do Sampaio após a reforma do prédio
Salas do prédio administrativo totalmente reformadas

17 respostas

  1. Resultado de ontem beneficiou o time do Sampaio. Confiança empatou com o time do Vitória. Então, o time do Sampaio, tem que vencer o Salgueiro, e se possível fazer saldo de gols. Vencendo entra no g4, e joga pelo empate contra o ABC na 7ª rodadam pois ia pra 10 pontos e mesmos que perdesse seu último jogo, estará garantido.. Já o Confiança pega o Botafogo-PB e depois o time do Fortaleza. Então a vitória de amanhã tem que ser buscada de qualquer forma ou morre aí a classificação do time. Então, só pra deixar bem claro, o jogo de amanhã é que vai determinar ou não a presença do time do Sampaio na Copa do Nordeste, vamos torcer para que o time desencante e faça um bom jogo, pois está devendo.

  2. Primeiro parceiro, São Luis, é com (S), não se esqueça, tipo Brasil, com Z, jamais.
    Excelente a homenagem prestada ao meu amigo de infância BATISTA, preferia em vez da homenagem, ele vivo, mas Deus o quis ao se lado, respeito e parabenizo a Diretoria.

  3. Palavras do Técnico do Salgueiro: “Daniel Neri avalia maratona de viagens do Salgueiro: “sabíamos antes de iniciar as competições.”
    Segunda, o time joga em São Luiz, contra o Sampaio Corrêa. Viagem até a capital maranhense começou neste sábado, de ônibus até Recife. De lá, a equipe vai de avião até o local do jogo”. O elenco saiu do Sertão neste sábado, indo de ônibus até Recife. O grupo dorme na capital e depois segue de avião para São Luiz. Em um mês, o Salgueiro viajou mais de 3 mil km de ônibus. O técnico Daniel Neri vê a maratona como mais um desafio a ser superado pelo time, assim como foi na conquista do Pernambucano no ano passado.
    Isso sim, é que se pode chamar verdadeiramente chamar de maratona. Portanto, não venham se queixar de logística, pois nem em um mês o Sampaio roda 3 mil km de ônibus. É pra chegara segunda, descansado, e vencer e convencer, é isso que eu espero do time do Sampaio Correa para esse jogo.

    1. Vai lá Rossini, torcer pelo Salgueiro em solidariedade ao “sacrifício” que eles estão fazendo pra chegar em São Luís. Aliás, o Sampaio encara essas maratonas de viagens quantas vezes por mês quando está jogando a série B ? Nunca vi um comentário seu nesse sentido em favor do Sampaio, muito pelo contrário, o que eu vejo sempre é tu dizer que viagem não é desculpa pra resultado negativo quando esses acontecem.
      Faz o seguinte: vai torcer pro Salgueiro, a torcida da Bolívia querida agradece.

      1. viagem não é mesmo motivo para apresentações ruins do Sampaio como voces querem justificar sempre. Eu também vou torcer pro Sampaio vencer e esperotambem que dessa vez faça um jogo diferente do que tem feito.

    2. Concordo. Sampaio tem que chegar se impor e mostrar que é time de Série B. Tá descansado, ao contrário do Salgueiro, joga em casa, então é isso mesmo xará, tem que vencer e convencer. Chega de desculpas.

  4. Um profissional que passa 14 anos numa instituição, logicamente que rendeu frutos pra isso, por isso, merece toda homenagem e mais alguma coisa. O Sampaio só tende a melhorar mais e mais na administração do Sergio Frota, e que Deus continue lhe protegendo nesse ano e durante todo seu mandato, que espero durar ainda por muito tempo.

  5. Temos que valorizar aqueles que sempre contribuíram para o engrandecimento do Sampaio Correa. Quem conheceu o Sampaio Correa antes da gestão do Frota e de sua equipe, sabe muito bem do que eu estou falando. Discordo de algumas contrações que o Sérgio faz, entretanto, no que se refere a parte administrativa, ao amor pelo que ele tem pelo clube, tenho que reconhecer a sua contribuição, que foi e continua sendo fundamental para esse time, que completou 98 anos de idade. Homenagem justa e oportuna. Uma iniciativa que merece o aplauso de nós torcedores.

    1. Faço minhas as suas palavras Rossini. E acrescento: hoje graças a administração do Sérgio e de seus pares, o Sampaio é uma das forças do Norte e Nordeste.

      1. Verdade. E para um Sampaio mais forte a participação da torcida será fundamental. Sem público nos Estádios não entra dinheiro, portanto, nos jogos do Sampaio, o torcedor pode cooperar comprando o ingresso virtual. 5 reais parece pouco mais somado ao universo que compõe a torcida do Sampaio, ajuda e muito. Por exemplo, 20 mil ingressos a 5 reais, já gera uma renda de100 mil reais. Na Série B tem mais ou menos 2 jogos por semana, no mês, fazendo um cálculo por baixo, teria uma renda entre 300 a 400 mil reais por mês, porque logicamente, não seria toda semana que arrecadaria 100 mil, mais chegaria perto disso. Que tem jeito, tem, é só a torcida querer abraçar o time. Eu cobro, eu sou chato, mas não me escondo quando tenho oportunidade de ajudar.

        1. Uma ideia parceiro que se posta em prática pela torcida do Sampaio, seria certamente de grande ajuda. Já imaginou se conseguir arrecadar com ingresso virtual toda semana, eu não digo nem 100 mil, eu diria 60 mil, Seriam 240 mil reais todo o mês! Rapaz, eu nem sei se o torcedor boliviano tem esse amor todo pelo time, ainda não deu prova disso. Agora, se fosse feita essa proposta para o torcedor do Remo ou do Paysandu, pode ter certeza que eles arrecadariam essa quantia tranquilamente.
          Olhem que diz essa matéria na Imprensa do Pará:
          “Com os R$ 8 milhões da TV, mais receitas indiretas, como patrocínios, programa de sócio-torcedor e novas parcerias que podem gerar até R$ 10 milhões adicionais na temporada, o Remo …
          Leia na íntegra em: https://www.remo100porcento.com/futebol-profissional/2021/maior-orcamento-da-historia

          1. Confiram o restante da matéria…. Eu adiantar, eles estão se reestruturando para que o time do Remo consiga fazer uma boa temporada e permanecer na Série B.

            O número de Sócio torcedor do Clube do Remo que estava desde de 2007 longe da Série B, hoje é de mais de 4 mil sócios torcedores, e devem aumentar com a perspectiva do time está jogando a Série B. O Sampaio tem hoje 800 sócios torcedores, e os caras acham aqui no Maranhão que sabem torcer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *