Sócio UniversoTorcedor

História no Superclássico

"Paredão" é o terceiro goleiro com maior número de atuações pelo Sampaio contra o Moto

Rodrigo Ramos conhece bem o Moto
Rodrigo Ramos conhece bem o Moto
Rodrigo Ramos conhece bem o Moto

Nos últimos 46 anos, Rodrigo Ramos é o recordista de atuações com a camisa do Sampaio em jogos contra o Moto Clube. Em sete anos de Tricolor, ele defendeu o Sampaio nos últimos 23 Superclássicos. Com essa marca, o “Paredão” é o terceiro goleiro da história defendendo o Sampaio em partidas diante do rival.

Na história do Superclássico, Rodrigo Ramos só perde em número atuações para Zé Raimundo, que defendeu o Sampaio nos anos 60, e para Baltazar, que foi goleiro do Sampaio nos anos 40.

No  Superclássico, Zé Raimundo jogou 39 vezes e Baltazar, 25. Os números foram levantados pelo estatístico Manoel Raimundo do Amaral, que pesquisou as súmulas de todos os jogos realizados pelo Sampaio Corrêa desde sua fundação, dia 25 de março de 1924.

Além do número de jogos de Rodrigo Ramos, a pesquisa aponta que Sampaio e Moto somente se encontraram três vezes na data de 23 de março. A primeira foi 1949 (1 a 1), a segunda em 1980 (1 a 1) e em 2003 (Moto 1 x 0).

O primeiro Superclássico foi Sampaio 7 x 2 Moto, dia 14 de julho de 1940, pelo Campeonato Maranhense, e o último Moto 2 x 2 Sampaio, dia 23 de fevereiro de 2014, pelo Campeonato Maranhense.

2 respostas

  1. Vivo em Fortaleza, funcionário público federal, Quero saber histórias de boleiro e receber fotografias sobre o goleiro Ze Raimundo Sampaio Correia dos anos 60 e 70. Pretendo escrever algo sobre esse grande goleiro do futebol maranhense.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *