Tuba Chip

Deu empate

Termina igual o primeiro round da decisão do Campeonato Maranhense

Deu empate
Sampaio e Cordino empataram em Barra do Corda (Foto: Ronald Felipe)

Deu empate no primeiro jogo da decisão entre Cordino e Sampaio Corrêa, em partida disputada na tarde desta quarta-feira, 13, no Estádio Leandrão, na cidade de Barra do Corda.

Os dois gols do jogo foram marcados no segundo tempo. Eron abriu o placar para Bolívia aos 17 minutos, e o Cordino chegou ao empate aos 35.

As duas equipes farão o jogo decisivo no Estádio Castelão, em data ainda a ser confirmada pela FMF.

O JOGO

O forte calor era um adversário extra em Barra do Corda, e o Sampaio tentou se impor logo nos primeiros minutos. Soares arriscou finalização de perna esquerda que passou rente à trave.

Poveda teve duas oportunidades para abrir o placar. Na primeira, experimentou por cobertura, e a bola passou por cima do travessão. Na segunda, recebeu pelo alto e cabeceou com perigo.

A Bolívia teve mais volume de jogo, não permitiu que o Cordino levasse perigo ao ataque, mas o primeiro tempo terminou sem gols no Leandrão.

No primeiro minuto da etapa final o Cordino assustou com um chute forte que foi para fora.

A Bolívia deu o troco com tabela entre Pimentinha e Soares, mas a finalização subiu muito.

O jogo ficou aberto, e os donos da casa colocaram Luiz Daniel para trabalhar. A resposta Tricolor foi com Ferreira, que emendou um chute forte da entrada da área, para defesa em dois tempos do goleiro.

Aos 18 minutos, Pionteck tramou com Soares e cruzou para Eron desviar pro fundo da rede, abrindo o placar para o Sampaio.

Em jogada pelo alto, a equipe do Cordino ganhou a disputa e a bola entrou lentamente no gol boliviano. O empate se estabeleceu no placar até o apito final.

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será pela Série B, neste sábado, diante da equipe da Tombense, no Estádio Castelão.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Mateusinho (Maurício), Joécio, Nilson Jr e Pará; Lucas Araújo, Ferreira, Soares e Renatinho (Pimentinha); Wesley Pionteck e Poveda (Eron).

11 respostas

  1. O time pra série B é outro. Por isso chegaram os reforços. Sem renda, o que pode fazer o presidente? Tem comentários que nem deveriam aparecer.

  2. Blá, blá, blá, blá, blá, ir ao estádio ou se associar pra ajudar a montar um time melhor ninguém quer! Me poupem destes comentários sem sentido. Querem ver como tenho razão, se der 3 mil torcedores no próximo sábado eu saio na rua vestido de mobilete, kkkkkkkkk

  3. Léo Condé, quando o time tiver mais tempo de preparação, coloque os jogadores pra treinar finalização, tanto de dentro quanto de fora da área, é incrível a quantidade de vez q o Sampaio manda a bola pra cima ou pra fora, principalmente por parte do Soares, ele as vezes faz tudo certo mas na hora de chutar isola, temos q melhorar nesse quisito

  4. Lamentável, o time com o resultado na mão, ceder o empate com outra falha da defesa. Condé precisa corrigir isso. Vencer o jogo no Castelão é OBRIGAÇÃO.

  5. O Sampaio é um clube de projeção nacional como time de série B, com um investimento muito acima dos demais clubes do estado, tendo por isso mesmo obrigação de ser campeão maranhense, com todo respeito aos demais times, e os nossos jogadores precisam entender essa obrigação até pelo incansável trabalho do presidente Sérgio Frota e o desejo da sua apaixonada torcida.

  6. O que se pode falar…. o que se pode comentar? Qual seria a justificativa para um time que está disputando a Série B, não conseguir novamente passar pelo Cordino? É muito complicado…… É lamentável e triste. Só não me venham falar que tudo foi arranjado para o time do Cordino ser campeão. Pela amor de Deus me poupem dessa asneira.

  7. O Chelsea e Real Madrid jogaram 120 minutos numa intensidade maior do mundo, até parecia que estavam iniciando o jogo quando já era o último minuto de jogo da prorrogação, aqui no nosso futebol, com dez minutos de jogo o jogador já tá cansado, pode um negócio desse?

  8. Não deixa de ser um bom resultado, mas ainda é muito pouco pra um time de Série-B do campeonato brasileiro, mesmo diante das adversidades, mas o Sampaio não é time pra tá empatando com Cordino num jogo de final de campeonato, no mínimo era pra ter ganho de 1 a 0. O time tá caindo muito de produção segundo tempo, principalmente quando sai na frente do marcador, tá recuando demais, pedindo pra perder o jogo. Esse comportamento tem que mudar, senão fica difícil pra conseguir seu objetivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.