Sócio UniversoTorcedor

Contato com bola

Arlindo Maracanã e Paulo Sergio participam de atividades com bola

Arlindo e Paulo Sérgio tiveram contato com bola
Arlindo e Paulo Sérgio tiveram contato com bola
Arlindo e Paulo Sérgio tiveram contato com bola

Recuperados de contusão, os jogadores Arlindo Maracanã e Paulo Sergio participaram de um jogo-treino em campo reduzido, na manhã desta sexta-feira, no CT José Carlos Macieira, juntamente com os atletas que não jogaram meio da semana pela Copa do Brasil, em porto Nacional.

Sem nada mais sentir no tornozelo esquerdo, o zagueiro Paulo Sergio mostrou desenvoltura na atividade, movimentando-se normalmente, sem receios, demonstrando que está quase pronto para voltar a jogar. Segundo o defensor boliviano, só falta mesmo aprimorar a parte física, e logo estará á disposição para ser relacionado pelo treinador Flávio Araújo.

O capitão Arlindo Maracanã, também, mostrou estar recuperado do estiramento muscular que o tirou dos últimos jogos do Sampaio. Treinou normalmente, deu passes, lançamentos e correu sem sentir nenhum tipo de desconforto.

Os dois participarão do treino da tarde juntamente com o restante do elenco. O aproveitamento deles no jogo de domingo contra o Araioses dependerá de uma avaliação mais detalhada da comissão técnica, durante a atividade.

 

Uma resposta

  1. Lembra quando você era criança?

    Eu lembro! Não me preocupava praticamente com nada, somente que no outro dia tinha que acordar e brincar. Viver ao máximo o sonho de toda criança:
    aproveitar a vida.

    Na hora de comer, era sentar à mesa e comer. Chuva ou sol, a comida estava lá. Frio ou calor, lá estava ela, na mesma hora de sempre. Às vezes sem muita variedade, mas estava lá.

    Para muitas crianças no Brasil e alguns países do mundo, isto está longe de ser uma verdade. A infância é simplesmente um pesadelo, não tem sabor nem alegria.

    Sem uma família, sem o que comer, sem água para beber, sem o que vestir e sem poder enxergar o outro dia como criança. Apenas fome, miséria e desesperança, como é o caso, por exemplo, de milhares de crianças refugiadas na Europa.

    Pense um pouco! Quem sabe sua infância foi simples como a minha; amparada e cuidada por uma família onde, todos os dias, a comidinha feita com amor, não faltava!

    Imagine você fazendo a diferença para milhares de crianças!

    Nos ajude a fazer com que milhares de crianças sejam alimentadas e voltem a viver o sonho de criança!

    Criança1000

    Organização brasileira de ajuda humanitária voltada ao atendimento de crianças no mundo.

    Saiba mais sobre nós. Acesse nossa página: http://www.crianca1000.org ou baixe nosso aplicativo Criança 1000, disponível para Android e iPhone.

    Ajude com uma pequena doação e vamos mudar o mundo juntos!

    Acesse o nosso site e conheça o projeto ou entre em contato pelo e-mail:
    contato@crianca1000.org.

    Grande abraço,

    Ernesto Caldieraro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *