Tuba Chip

Com autoridade

Sampaio domina o jogo do início ao fim e vence o Vila Nova no Castelão

Com autoridade
Sampaio venceu o Vila Nova por 3x0 no Castelão (Foto: John Tavares)

O Sampaio Corrêa não deu a mínima chance para o Vila Nova, e venceu o confronto disputado na noite desta quinta-feira, no Estádio Castelão, pelo placar de 3×0.

A Bolívia abriu o placar logo aos 3 minutos, com Roney. Na etapa final, sem sofrer sustos, o Sampaio marcou mais dois gols, com Pimentinha e Léo Artur.

O resultado levou o Sampaio Corrêa para a 10ª posição, com 46 pontos ganhos.

O JOGO

A iniciativa do confronto foi da Bolívia, que acuou o Vila Nova no campo de defesa até abrir o placar aos três minutos. Roney finalizou da entrada da área, a bola desviou no jogador adversário e matou o goleiro.

Com a vantagem no marcador, o Sampaio teve mais tranquilidade para tocar a bola e controlar o jogo, sem ser incomodado.

Aos oito minutos, o Tricolor quase aumenta o placar, após o goleiro do Vila sair errado e Ciel dividir a bola, que sobrou para Roney cabecear com perigo por cima do travessão.

Allan Godói também quase marcou, após escanteio cobrado por Pimentinha, mas a cabeçada saiu pela linha de fundo. No lance seguinte, Roney bateu cruzado, rasteiro, e a bola passou rente à trave.

Em uma das poucas tramas de ataque, o Vila Nova conseguiu uma finalização de dentro da área, mas a bola subiu demais.

Ciel teve a sua oportunidade aos 38 minutos, ao receber o passe e bater forte, a bola foi encaixada pelo goleiro.

O Vila Nova tentou equilibrar as ações em campo no início da etapa final, sem conseguir desestabilizar a defesa boliviana.

Perigoso quando chegava ao ataque, o Sampaio não tardou a ampliar a vantagem. Pimentinha recebeu dentro da área e colocou no canto para fazer o segundo do time do povo no Castelão.

O segundo gol não diminuiu o ímpeto do Sampaio, que queria mais. Léo Artur teve duas oportunidades seguidas. Na primeira, recebeu em velocidade e tocou para fora, na saída do goleiro. Na sequência, o meia finalizou forte de fora da área, e a bola raspou a trave.

Mas, depois, não teve jeito. Pimentinha tramou pela direita e serviu Léo Artur, que completou pro fundo da rede.

Léo Artur quase fecha a conta com um golaço no Castelão, ao bater da lateral direita, mas a bola passou por cima do travessão. O resultado já estava garantido e a Bolívia Querida saiu de campo com uma vitória categórica.      

O próximo desafio do Sampaio Corrêa será na segunda-feira, no Estádio dos Aflitos, diante do Náutico, às 18h.

Ficha Tricolor

Luiz Daniel, Watson (Maurício), Nilson Jr, Allan Godói e Eder Lima; Betinho, Ferreira©, Eloir (Léo Artur), Roney (Jean Silva), Pimentinha (Gabriel Popó) e Ciel (Jackson).

25 respostas

  1. Presidente Sérgio Frota, eu sempre acreditei, acredito e vou continuar acreditando no seu trabalho como presidente à frente do Sampaio, mas, pelo amor de Deus, continue sacrificando e faça um time forte desde o início da temporada, pra não passarmos vergonha perdendo pra times sem divisão na Copa do Brasil e fazermos um maranhense apertado, precisamos nos impormos ganhando o maranhense com tranquilidade e seguir bem mais longe na Copa do Brasil.

  2. Luiz Fernando, você já se associou?
    Eu sou sócio desde a sua criação e, sou torcedor de campo.
    Rei no Futebol, é uma forma criada para homenagear aquele atleta que se destaca durante uma competição.

    PIMENTA NO OLHO ESQUERDO DAQUELES TORCEDORES MODINHA DA BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA.

  3. Ñ sei a condição do clube só o presidente sabe mais manteria ! Luís Daniel, Nilson Júnior, Godoi, Ferreira, eloir, pimentinha, leo Artur e claro popo, Maurício, Jackson! Sucesso na sua nova administração

  4. Parabéns presidente ! Vc botou o Sampaio Corrêa em outro patamar mesmo sem ajuda da torcida q só sabe reclamar mais ir ao estádio nada ! Só gostaria de pedir se for possível ! Forma um grupo mais jovem em 2022 claro que tem q ter alguns experientes mais faltou gás esse ano

  5. Chamaram Roney na Grande e hoje este restaurou seu futebol. Excluiram a panela e os problemas do surianismo ,deste modo a maquina voltou a funcionar. Brigatti conhece o modelo de futebol do SCFC. Grande brio. Terminar 2021 com chave de ouro.

    Parabéns Sérgio Frota pela reeleição.

  6. Como um jogo de xadrez o Brigati deu um brilho nas peças arrumou o tabuleiro e conseguimos dá um xeque mate nos adversários. O jogo de ontem foi dez pareceu a Alemanha dando de nove na Albânia.

  7. A espinha dorsal existe ( Luiz Daniel, Nilson Júnior, Eloir, Ferreira, Jean Silva, Roney, Pimentinha e etc) agora é tentar mantê-los para a temporada seguinte e com algumas peças justas (garimpadas na seria A2 e A3 de SP e outros Estaduais) jogar bem todas a competições. Enfim, Pimentinha vem percebendo que não precisa driblar metade do time adversário toda vez que pega a bola na direita, atualmente o mesmo tem levantado a cabeça e procurado o melhor colega posicionado e entregue a bola no ponto de finalizar ou, mesmo, após verificar espaços dando bons chutes certeiros ao gol. Melhor da temporada disparado.

  8. Sem Surian o Sampaio é outro não duvido de uma vitória em Recife. Parabéns ao treinador e aos jogadores que estão reagindo e mostrando que o Sampaio é forte. O Sampaio quando entrava na série B já era indicado como candidato ao rebaixamento, agora eles tem que respeitar, eu não esqueço o que já passamos por isso, vamos reclamar menos e apoiar mais.

  9. Lembrando um pouco lá atrás:
    Será que aqueles que diziam que Pimentinha era da noite, da bebida, não treinava, desagregava grupo, ou seja, era somente um problema para o Sampaio; continuam com o mesmo pensamento?

    PIMENTINHA MERECE SER COROADO COMO O ÚLTIMO REI DA BOLÍVIA QUERIDA DE MAIOR TORCIDA E DO MARANHÃO.

    1. Excelente colocação, me criticaram bastante por ter trazido o Pimentinha de volta, parte da torcida e da Imprensa. Está aí o porque da minha paciência com ele

    2. Pimentinha melhorou porque mudou sua postura.Está mais amadurecido e mais profissional.E o Sampaio não tem rei ou rainha, precisa de um patrocinador master e do apoio da torcida como sócio-torcedor.

  10. Praticamente sacramentada a participação do Sampaio Correa na Série B de 2022. O Londrina com 38 pontos precisaria vencer esses 3 últimos jogos e o Sampaio não pontuar mais. Entretanto, mesmo que isso acontecesse, o que eu não acredito, tem outros times abaixo com menos pontos que o time do Sampaio. Então meus amigos, acabou o sufoco. Agora é planejar bem o ando de 2022, porque o Sampaio precisa não só de um plano A, mas, do plano B e C, pois não pode só depender da habilidade do Pimentinha. Vai ter que TER em 2022, outros atacantes, mesmo porque não vai ser uma Série B parecida com essa, porque teremos o Vasco, o Cruzeiro, o Grêmio (pelo menos tudo indica até agora essa possibilidade) a Chape, o Sport, etc. Então vai ter que ter time para não passar por atropelo e desgastes como esse ano. Pensar já Copa do Brasil pra não ser eliminado novamente no 1º jogo, além da Copa do Nordeste, etc. A experiência desse ano mostrou que não vale a pena trazer jogador veterano, porque não dá certo. Parabéns pela vitória de hoje, tiro o chapéu para ao Pimentinha, o Ferreira, que fizeram uma partida excelente, enfim a todo o grupo pela bela vitória de hoje. Só lamento, que acordamos tardiamente, quando não temos mais chance de acesso.

    1. Corrigindo: leia-se: vai ser uma Série B bem parecida. Outra super Série B, se o Grêmio entrar. E não podemos nos enganar e achar que em 2022 esse times considerados grande de nosso futebol, vão repetir a campanha desastrosa desse ano. Bem provável que não, pela estrutura desses times.

    2. Na série B mais difícil de todos os tempos, no 2º ano de uma pandemia que arrasou com todos os segmentos e no futebol não foi diferente, em um Estado que há 20 anos só tem o Sampaio por 7 oportunidades na série B, com pouco apoio da torcida no estádio ainda temos que ouvir certas coisas. Anotem, no meu último mandato que se encerra no ano do Centenário desse grande Clube que encontramos quebrado, vamos levá-lo à série A, mesmo com todo esse cenário do Futebol Maranhense. As condições para isso foram criadas ao longo dessa gestão e nesses 2 últimos anos vamos trabalhar muito para realizar um sonho que eu disse que era meu objetivo quando assumi o comando em 2007. Vou ter buscar fora as condições que não temos aqui. Podem me cobrar

      1. Estamos com você nesse caminho difícil mas não impossível. Devemos ter um planejamento afim de adiquirir fundos para formar um plantel de boa qualidade e brigar desde o começo até o fim. Assim, teremos uma grande chance do acesso à série A. E logicamente o apoio da torcidas e patrocinadores que também é um fator muito importante para o clube.

  11. Taí, bando de motenses, vão agorar… ainda bem que repararam o erro e mandaram o Surian embora, senão era serie C mesmo, garoto do interior chamado Mauricio bate falta bem,.
    Desculpem o palavrão, mas os caras torcem contra e mais uma vez cairam do cavalo.
    Continuo torcendo, sempre.

    1. Ano passado conseguimos 2 pontos em 7 partidas com o Condé e mesmo assim o mantive e terminamos em 6º. Esse ano mantive o Surian quando quiseram tirá-lo pelo excelente trabalho no 1º turno, o correto seria dar a ele a oportunidade de se recuperar quando começamos a cair na tabela e a vitória sobre o Vasco mostrou que isso seria possível. Mudei depois de ter dados todas as oportunidades e trouxe um treinador que tem o perfil que achei necessário para esse momento. O “time” do Futebol tem muitas variáveis.

  12. Eu não tenho bola de cristal, mas cansei de falar aqui e nunca publicaram, se o presidente trouxesse Brigatti agente iria pra serie A, infelizmente a saída do outro professor foi tarde, agora agente tem que se conformar com a permanência melhor que cair, confesso que sentir medo, mas graças a Deus e Pimentinha, estamos bem na série B.
    Agora é se planejar, manter o treinador e a base que é boa, trazer mais uns quatro ou cinco bons jogadores, pra começar o ano que vem com um time forte.

    1. O grande problema, é que, geralmente quando um técnico indica algumas contratações, ainda que o jogador não esteja rendendo, não esteja bem, ele fica insistindo e não dá oportunidade a outros, que ficam eternamente no banco. E numa competição de pontos corridos como é a Série B, esse tipo coisa pode ser fatal, porque o time começa a perder sucessivas partidas fora e dentro de casa.

    2. Engraçado é que ouvi de grande parte da imprensa e de alguns torcedores que os últimos trabalhos do Brigatti no Paysandu, Santa Cruz e Oeste não tinham dado resultados. Trouxe o treinador que julguei com o perfil necessário, mas tenho certeza que as condições que oferecemos no Sampaio foram fundamentais para alcançar nosso objetivo nesse ano na série B. Perguntem a ele.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.