Sócio UniversoTorcedor

Carga física

Tricolor treina em Maceió enquanto aguarda voo de volta para São Luís

Tricolor realiza treino físico em Maceió

Após o empate em 0x0 contra o CSA, no Estádio Rei Pelé, no último sábado, o Sampaio Corrêa ainda permaneceu em Maceió, enquanto aguardava o voo de volta para São Luís.

Para não perder tempo, a comissão técnica já adiantou o processo de preparação para a próxima partida, e agendou um treino físico para os jogadores, realizado na manhã desta segunda-feira, na praia de Pajuçara.

Atividade que serviu como trabalho regenerativo para os atletas que entraram em campo e aperfeiçoamento do condicionamento físico para o restante do grupo.

O zagueiro Joécio avaliou o empate contra o CSA, e já projeta o desafio diante da Ponte Preta: “Foi um jogo difícil, mas nossa equipe soube se portar, e o empate acabou ficando de bom tamanho. O importante é sempre pontuar, principalmente jogando fora de casa, porque é um ponto que pode fazer diferença lá na frente. Agora é descansar, se preparar bem para tentar nossa primeira vitória na próxima rodada”, frisou.

A delegação Tricolor retorna para São Luís na tarde desta segunda-feira, e na terça se reapresenta no CT José Carlos Macieira para uma atividade em período integral.

8 respostas

  1. É Universo Tricolor , o Sampaio vai ter que se ajustar com a Competição em andamento, apesar de nesse momento ser de paciência com o desempenho técnico e entrosamento do time ,no entanto o mais importante é ir pontuando até o time ganhar um bom padrão de jogo. O ideal é conseguir o padrão de jogo cada vez mais forte e com o resultado. Nesta partida em casa precisamos muito fazer os 3 pontos pois se isso Não ocorrer já podemos entrar na zona de rebaixamento pois mesmo quem ainda não pontuou se vencer na próxima rodada e o Sampaio empatar por exemplo já ultrapassa pelo critério saldo de Vitória, por isso a Vitória tem um peso enorme na competição.

  2. O Sampaio tá no caminho certo, vamos derrubar a Ponte, ninguém vai mais passar, aí nós vamos entrar no G4, no nome de Jesus.

    1. As 5 derrotas no início da série B do ano passado fizeram falta na final tivesse empatado os 5 jogos hj estaríamos na serie A.

  3. A Ponte Preta não assusta, eles povoam o meio campo e tentam sair rápido, foi assim contra o Vasco, temos que ter um meio campo pegador pra neutralizá-los e partir pro ataque com 3 jogadores, tá muito espaçado a peça ofensiva Boliviana, espero que o time melhore a cada jogo, o trabalho tá sono início e dá sinais de ser promissor.

  4. Ponto fora de casa é muito bom, mas temos que pontuar diante da Ponte para não comprometer o andamento dos trabalhos. Pelo que vi da Ponte no jogo contra o Vasco, temos time para bater tanto um quanto o outro. Seria bom aproveitar logo no próximo jogo, haja vista que o time da Ponte também está em busca de uma melhor padronização tática. Nesse quesito, já percorremos um caminho mais longo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *